Escreva para pesquisar

5 razões para PMEs investirem em marketing digital

O avanço tecnológico e a internet mudaram a forma de comunicação entre empresas e clientes, porém, nos últimos anos, o marketing digital ainda era considerado um grande tabu para a maioria das pequenas e médias empresas (PMEs).

Com a pandemia pela Covid-19 e com  a adaptação ao isolamento social, os estabelecimentos foram fechados. Em paralelo, as  empresas se depararam com um novo desafio: manter o volume de vendas mesmo com as portas fechadas, mas, nem toda empresa estava instalada no ambiente digital.

Diante desse cenário, diversos profissionais precisaram se adequar, e não foi diferente no universo do marketing. O marketing digital não é apenas um meio de inovar.

Hoje, nós podemos afirmar que trata-se de uma solução para que as empresas continuem de portas abertas. “Só no primeiro semestre de 2020, as vendas aumentaram cerca de 40% no ambiente digital, o que reforça que o investimento em marketing digital é o mesmo que investir na sobrevivência da empresa”, conforme afirma o CEO da startup de desenvolvimento de softwares voltados para marketing e vendas G Digital, Rafael Wisch, que fornece cinco razões para PMEs apostarem nesta estratégia. Acompanhe:

1. Segmentação

O marketing digital amplia as possibilidades de segmentação do público. É possível entender e analisar possíveis consumidores do seu produto ou serviço e, assim, investir em campanhas mais assertivas.

Qualquer tipo de negócio pode ter acesso à diversas segmentações e impulsionar o que mais se encaixa com a proposta da empresa.

2. Expansão

Esse é o grande diferencial do marketing digital. Por ter a possibilidade de divulgar em qualquer região do mundo que esteja conectada com a internet, a empresa poderá ter produtos extremamente específicos para pessoas também específicas.

Isso possibilita à empresa uma ampliação do seu potencial de venda, que deixa de ser local para se tornar nacional ou até mesmo mundial.

3. Análise

Com as estratégias e métricas do marketing digital conseguimos medir e entender os detalhes de cada resultado. O empreendedor pode monitorar de perto o tempo e a ação do usuário e como ele está aderindo às estratégias.

A mensuração é um conjunto da análise que é investido ao resultado em vendas que a campanha gerou. Um indicador bem utilizado para validar, é o Retorno sobre o Investimento (ROI).

4. Custo-benefício

Para PMEs que ainda estão se adaptando ao ambiente virtual, é possível alinhar boas estratégias e boas ferramentas com um baixo custo.

Dentro das soluções, atualmente, o funil de vendas é o que vem fazendo empresas aumentarem seus faturamentos por oferecer um processo completo e automático na prospecção e conversão em vendas.

Essa estratégia a ajudará a despertar a atenção de pessoas que se enquadram com o público-alvo da empresa. Com isso, as empresas podem filtrar essas oportunidades que a o marketing digital oferece, e trazer para empresa apenas as pessoas que realmente são propensas a compra.

5. Campanhas

Com o tráfego pago e campanhas montadas, o gerenciador do negócio consegue atingir a pessoa certa, no momento certo, com a comunicação certa.

Além disso, pode ter acesso à várias métricas de todas essas ações, otimizar as campanhas, identificar os melhores resultados e ter uma segurança sobre como atingir seu público.

Foto: iStock

Leia também

Os novos 4Ps do marketing: como utilizar na sua empresa?

Tags

Send this to a friend