Escreva para pesquisar

5G acelera soluções em omnichannel no varejo

A grande aposta é que o 5G acelere as soluções em omnichannel, que envolve a convergência entre o online e o físico, como o caminho mais promissor para os resultados do varejo.

“O omnichannel permite que o varejista esteja presente em mais de um canal de venda e proporcione uma experiência diferenciada para o consumidor, explorando as tecnologias disponíveis e planejando estratégias multicanais. Além de fazer o atendimento tradicional daquele cliente que prefere a compra presencial, o lojista também opera de outras formas, dentro dos conceitos do varejo moderno, com opções de entrega, estoque local para atender pedidos online, compra online com retirada na loja e vendas pelo Whatsapp, por exemplo”, explica Juliano Mortari, CEO da VarejOnline.

Estratégia omnichannel usa aplicativos

janela 24 horas

O especialista cita aplicativos usados para vendas pelo WhatsApp.

Por estes aplicativos, é possível divulgar produtos, fazer compras, realizar pagamentos online e retirar o produto em uma loja física.

“As vendas por Whatsapp já deveriam ser uma realidade do varejo, e a pandemia só reforçou essa necessidade, afinal, muitos consumidores investiram mais em compras online. Com a chegada gradual do 5G, o momento é de unir forças e apostar no atendimento multicanal”, sugere o CEO.

Segundo dados da consultoria Ebit/Nielsen, em 2020, durante a pandemia, as lojas online tiveram aumento de 41% no faturamento em comparação aos últimos 13 anos. Já no primeiro trimestre de 2021, a pesquisa Neotrust apontou alta de 57,4% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Com a chegada do 5G, será preciso ir além e ter um bom aproveitamento de todas as plataformas disponíveis, explorando as oportunidades do omnichannel para poder manter o crescimento. A expectativa é alavancar as vendas, e aumentar o número de transações em vendas físicas e online.

Foto: iStock

Leia também

Como se adaptar ao cliente que chega pelo WhatsApp? 

 

Tags