Escreva para pesquisar

79% querem transferir via WhatsApp, diz pesquisa

Pesquisa inédita encomendada pela Visa e realizada pela empresa Morning Consult, em março de 2021, mostra que os portadores de cartões da bandeira querem realizar transferências no WhatsApp:

79% dos entrevistados demonstraram interesse em usar o app para transferências rápidas entre pessoas.

O público com mais de 65 anos é o mais interessado na solução, com 83% afirmando ter interesse em usar o WhatsApp para transferências de dinheiro.

A pesquisa também revelou os atributos mais valorizados pelos consumidores ao realizar uma transferência, entre eles: conveniência, custo, usabilidade, privacidade, segurança, velocidade e confiança.

Segurança e privacidade foram os pontos mais importantes ao enviar dinheiro para amigos e familiares, com 83% afirmando que a segurança é muito importante e 80% destacando a relevância da privacidade.

Pessoas entre 35 e 44 anos são as mais preocupadas com esses dois atributos, privacidade (89%) e segurança (93%).

Variações regionais

As entrevistas também mostram uma variação dessas respostas conforme a região do país.

Moradores dos estados do Sul do país são os que mais valorizam a segurança, com 90% dos entrevistados destacando esse atributo como muito importante, seguidos pelo Centro-Oeste (88%), Nordeste (85%), Sudeste (79%) e Norte (78%).

Quando o assunto é privacidade, os entrevistados da região Norte do país são os que menos valorizam esse atributo, com 70% afirmando ser esse um ponto de muita importância. Por outro lado, estão os moradores do Sul (84%), Nordeste (82%), Sudeste (81%) e Centro-Oeste (80%).

O perfil brasileiro em relação às transferências rápidas

pix nas empresasA pesquisa encomendada pela Visa também buscou entender como o brasileiro costuma transferir dinheiro.

Descobriu-se que 57% dos entrevistados realizam ao menos uma transferência por mês e 32% realizam esse tipo de movimentação financeira uma ou mais vezes na semana.

Abaixo os principais destaques da análise:

• Os homens são os que mais transferem – em média 63% dos entrevistados afirmaram fazer isso pelo menos uma vez ao mês -, enquanto entre as mulheres entrevistadas, apenas 51% realizam transferências na mesma frequência. Quando analisado quem faz transferências mais de uma vez por semana, os números são: homens 36 % e mulheres 28%.

• Já comparando as regiões do país, os entrevistados que vivem nos estados do Norte do Brasil são disparados os que mais transferem dinheiro: 45% afirmaram enviar dinheiro para parentes ou amigos toda semana e 61% realizam mais de uma transação por mês.

– Nordeste – 58% mais de uma vez por mês e 23% toda semana

– Sudeste – 56% ao menos uma vez por mês e 33% toda semana

– Sul – 53% mais de uma vez por mês e 25% toda semana

– Centro-Oeste – 55% mais de uma vez por mês e 35% toda semana

Foto: iStock

Leia também

Pix e novos pagamentos são fundamentais para o empreendedor 

Tags

Send this to a friend