Escreva para pesquisar

8 erros que você precisa evitar na Black Friday

Com a chegada da Black Friday, os empreendedores ficam ansiosos por resultados significativos. De acordo com dados da Neotrust  só em 2021 a data movimentou R$ 5,4 bilhões, considerando o período da quinta-feira às 0h00 até às 23h59 da sexta-feira.

Para 2022, a expectativa também é alta.  Em pesquisa divulgada pela Nielsen|Ebi, 78% da população brasileira tem a intenção de adquirir produtos pela internet na Black Friday, no próximo dia 25 de novembro.

De olho na data, Evandro Polli, head de produtos da Tray, empresa especializada em soluções de e-commerce, para vender online em diversos canais sem burocracia, separou algumas dicas de como iniciar sua PME no ambiente digital, separou 8 dicas para o empreendedor não errar e lucrar nessa Black Friday que é um grande momento para o varejo. Confira:

1. Dar desconto sem calcular a margem do produto

Um dos erros mais comuns na Black Friday é dar desconto sem calcular a margem do produto. Quando o comerciante vai calcular o desconto é preciso calcular todos os seus custos com o produto, considerando principalmente as pequenas taxas que estão relacionadas a uma venda, tais como, taxas de marketplace ou de cartão de crédito, impostos, entre outras. Para definir o desconto é fundamental levar todas as variáveis em consideração para que você não tenha prejuízo na sua venda.

2. Disponibilizar poucos meios de pagamento

Outro grande erro também cometido por muitos varejistas é a disponibilização de poucos meios para a realização de pagamentos. Vale lembrar, que cada pessoa possui suas próprias condições financeiras e, em função disso, vai ter um meio de pagamento preferido que simplifica as suas transações.

Ao oferecer poucas opções, você se fecha a um nicho e corre risco de perder a venda para alguém que tenha outro meio de transação disponível para o consumidor.

3. Não oferecer variações de preços para diferentes formas de pagamento

Outro erro comum é o de não considerar preços diferentes, ou promoções para determinados tipos de pagamento. Oferecer promoções especiais, dependendo da forma de pagamento, seja ele no boleto, débito, crédito, ou até mesmo pix, são formas de tornar as suas promoções mais atrativas.

Um bom exemplo de como usar isso ao seu favor é realizar ofertas para o pagamento via pix. Dentro deste tipo de estratégia, você vai conseguir tanto incentivar a realização da compra por parte do cliente, quanto reduzir o uso do seu capital de giro, uma vez que receberá mais rápido do seu cliente.

4. Não ser transparente com seu cliente

Esse é possivelmente um dos erros da Black Friday mais importantes, se não o mais, que você não deve cometer. Algumas empresas acreditam que podem aumentar o preço dos seus produtos, algum tempo antes da promoção, visando abaixá-los para os níveis normais no período da Black Friday, com o argumento de que estão mais baratos. No entanto, vale ressaltar que atualmente, existem diversos aplicativos que acompanham a média dos preços ao longo do ano e deixam essas informações disponíveis para todos, ficando assim muito mais fácil visualizar a alta dos preços pouco antes da Black Friday, seguida do seu retorno à média.

Além disso, a maior parte dos consumidores começam a estudar com antecedência o que pretendem comprar no período, frequentemente, começando a acompanhar os preços meses antes da data.

5. Não garantir a estabilidade do site durante a Black Friday

Durante a Black Friday, o número de acessos que o seu site recebe pode aumentar exponencialmente e isso pode parecer bom, mas o grande problema disso é que o servidor ou plataforma utilizado pode não estar preparado para lidar com esse alto número de acessos, correndo o risco de ficar fora do ar.

Já pensou quantas vendas você pode perder pelo fato de seu site não carregar durante os horários de pico? Logo, estar preparado para receber muito mais acessos do que o comum na Black Friday é de extrema importância para que suas vendas online não sofram com isso.

6. Não ter uma logística eficiente e um prazo de entrega praticável

Desde o recebimento do pedido do cliente até a compra chegar às mãos dele, todas as etapas envolvem processos logísticos que pedem muito planejamento e atenção. Qualquer problema em cada uma pode resultar em atrasos, ou até mesmo em danos ao produto durante o transporte, situações que serão alvo de reclamações pelos clientes.

Cada vez mais se confirma que o cliente deseja receber a entrega o quanto antes, com o máximo de segurança e com o melhor preço de frete. Entretanto, só é possível entregar um serviço com tanta qualidade com planejamento, logística e prazos de entregas praticáveis. De nada adianta prometer um prazo que não é possível cumprir, isso irá frustrar seu cliente. Dessa forma opte por oferecer prazos que a sua logística seja capaz de cumprir.

7. Ter um atendimento ruim ou inexistente

Durante a Black Friday, é comum que muitas pessoas que não conhecem sua loja acabem entrando em contato com ela e neste contexto surgem muitas dúvidas por parte do cliente sobre o funcionamento da loja, informações sobre produtos, como finalizar compras,  etc.

Para lidar com essa situação, é essencial manter uma boa comunicação com os seus clientes, proporcionando atendimento eficaz para o esclarecimento de dúvidas, além de responder a comentários e mensagens nas redes sociais  Caso você utilize algum contato telefônico, é imprescindível atender as ligações. Ou seja, é de extrema importância ter em uma equipe preparada para oferecer suporte para os seus clientes.

8. Não pensar em estratégias de fidelização de clientes

Com certeza, realizar o maior número possível de vendas é um dos focos da Black Friday, porém é necessário aproveitar este momento para conquistar e fidelizar aquele cliente que conheceu a sua loja durante esse período.

É fundamental não pensar apenas no quanto você pode vender durante a Black Friday, mas no quanto ela pode gerar vendas no futuro Proporcionando ao cliente uma experiência diferenciada da concorrência durante essa data, ele pode retornar para consumir em sua loja durante todo o ano, e não só naquele período, o que é bem mais rentável.

A Black Friday é uma grande oportunidade para todos os lojistas e comércios, porém exige preparo para poder tirar o melhor proveito da data e evitar complicações.

Fotos: iStock

Leia também

7 dicas de ouro para se preparar para a Black Friday

Tags