Escreva para pesquisar

84% dos consumidores possuem dois ou mais serviços de streaming

Acompanhar jogos de futebol, ouvir músicas e maratonar filmes e séries são indiscutivelmente alguns dos passatempos favoritos do brasileiro e, atualmente, nem a pulverização das plataformas de streamings têm separado o público desses serviços.

Segundo levantamento da NZN Intelligence com mais de 1.800 respondentes, 84% dos consumidores possuem dois ou mais serviços de streaming.

Também mostra que a maioria (36,7%) dos assinantes possuem quatro ou mais serviços de streaming, seguidos de três (25,2%), dois (22,8%) e apenas um (15,3%).

Cerca de 50% possuem assinatura em plataformas de música e vídeo, outros 44% só aderiram aos serviços de vídeo e 5% dos entrevistados assinam somente streaming em áudio.

Causas do crescimento do streaming

O grande boom de assinantes de mais de um serviço foi impulsionado pela pandemia, pois 50% dos entrevistados assinaram pelo menos um novo serviço de streaming entre 2020 e 2021 e 80% deles afirmaram que mesmo com o fim da pandemia – cenário ainda incerto – não irão cancelar suas assinaturas.

Para Tayara Simões, CEO da NZN, um dos principais players para soluções de publicidade e comunicação online, já não é uma discussão se o entretenimento por streaming permanecerá como um hábito e sim um fato, que deve se estabelecer cada vez mais ao redor do mundo nos próximos anos.

“O próximo passo para as plataformas é a fidelização real desse público por meio do preço, mas principalmente pela qualidade de catálogo e lançamentos, já que segundo nosso levantamento, a maioria está interessada nas opções de títulos disponíveis (47,6%), em seguida no valor da mensalidade (37%) e, por último, na frequência de atualização da plataforma (15,5%)”, destaca.

Foto: iStock

Leia também

Mídia e Entretenimento no Brasil devem crescer 4,7% até 2025

Tags

Send this to a friend