Escreva para pesquisar

Aplicativos: 5 dicas para melhorar a experiência do usuário

Com o acesso hoje a uma grande variedade de aplicativos, existe uma concorrência crescente entre o melhor desempenho de cada um, logo, a proposta de aprimorar a experiência de usuário (UX) pode ser uma decisão de suma importância para se destacar no mercado. Um estudo realizado pela Dynatrace apontou que, caso o aplicativo apresente algum erro, cerca de 75% dos usuários desistem de utilizá-lo.

A partir de análises comportamentais, a Idea Maker desenvolveu mapas de jornada dos usuários para identificar oportunidades de melhoria e, com base nos resultados, realizou um investimento em automação, utilização de IA e capacitação dos times de Customer Experience.

Guilherme Pironi, UX Design Lead na Idea Maker, aponta a necessidade de levar para o digital aprendizados de experiências no mundo físico. “É fácil perceber a importância de uma boa experiência para o usuário quando pensamos nesta versão “analógica” das coisas: como é importante ser bem atendido em uma loja, onde está tudo bem organizado, os atendentes são bem preparados e o processo de escolher, experimentar e comprar seu produto acontece de maneira prazerosa. Basta pensar no aplicativo como a versão digital desta experiência”.

Acompanhe, a seguir, as principais dicas da Idea Maker para aprimorar a experiência em aplicativos:

1. Ações baseadas em dados

Uma gestão embasada em dados é essencial, possibilitando análises mais precisas de comportamento dos usuários, pontos de abandono, taxas de conversão, retenção e LTV (lifetime value), por exemplo.

2. Entender o cliente

O entendimento do cliente significa levantar informações de quem são essas pessoas e como elas estão se relacionando com seu produto (ou como irão se relacionar, caso o produto ainda não tenha sido lançado), isso é feito por meio de pesquisas com seus possíveis usuários e demais partes envolvidas.

3. Profissionais qualificados

Este tópico é necessário para assegurar que as informações corretas serão coletadas nestas pesquisas, bem como sua interpretação e transformação no produto final feitas por pessoas qualificadas para conduzir o processo, afinal, é preciso transformar preferências pessoais dos clientes em textos, cores e botões na tela, e isto necessita de um profissional bem treinado.

4. Personalização da experiência do usuário de aplicativos

Outro ponto relevante que visa a satisfação do consumidor é a personalização, uma estratégia fundamental na construção de fidelização e um bom relacionamento, já que clientes que possuem uma experiência personalizada estão propensos a se envolverem com a empresa, interagir e fornecer feedbacks, possibilitando assim análises mais robustas de perfil e comportamento, por exemplo.

5. Investimento na área

aplicativos

O investimento em ferramentas e automações em aplicativos possibilita atuar em prol de uma experiência positiva do cliente, que pode atrair novos usuários e auxiliar na construção de uma base de clientes leais que contribuem para o crescimento sustentável da empresa.

Foto: iStock

Leia também

Tecnologia: conheça 5 tendências do setor para 2024

 

Tags