Escreva para pesquisar

Cassioli desenvolve soluções com foco na Intralogística 4.0

A robótica, a inteligência artificial (IA) e outras tecnologias da Indústria 4.0 são cada vez mais adotadas na logística para propiciar maior velocidade, produtividade e precisão aos processos. A Cassioli Brasil está atenta a essas inovações para oferecer soluções integradas de movimentação e armazenagem de materiais, intralogística e automação industrial.

A Cassioli nasceu em 1943, como uma pequena oficina familiar e, atualmente, é uma das empresas italianas líderes do setor de movimentação de materiais e automação industrial, com alto nível tecnológico.

A companhia tem atuação internacional e está presente no Brasil desde 1996, atendendo toda a América Latina. A fábrica instalada está localizada em Jundiaí (SP), em uma área de 17 mil m2.

“A grande diversidade da linha de produtos e experiência adquirida ao longo de muitos anos atuando como integrador de sistemas, credenciam a Cassioli a ter soluções para praticamente todos os segmentos de mercado, onde é necessária a movimentação ou manipulação automática de matéria-prima, semiacabados e produtos acabados. A logística de distribuição e de produção são os ramos mais beneficiados por nossas aplicações”, contou o gerente comercial da Cassioli Brasil, Alessandro Crema, para a reportagem do Portal de Notícias da GS1 Brasil.

Assim, a empresa projeta e fabrica soluções para setores como eletrodomésticos, alimentos e bebidas, indústria automotiva, farmacêutico, de sistemas de manuseio e despacho de bagagem nos aeroportos a soluções específicas para a produção de pneus.

Intralogística 4.0 é realidade no mercado

Atualmente, a intralogística 4.0 é a tendência que guia o desenvolvimento de soluções funcionais e com tecnologia avançada em um setor tão dinâmico como o da logística.

“A intralogística 4.0 é uma realidade. Trata-se da aplicação de diferentes tecnologias que convergem para o mesmo objetivo: otimizar as operações, obtendo maior controle das ações e informações em tempo real, seja no comércio, indústria ou serviços”, explica o executivo da Cassioli.

Segundo ele, para essa transição é imprescindível passar pelos seguintes processos: computação em nuvem; Internet das Coisas (IoT), treinamento constante e capacitação dos colaboradores e interface homem-máquina.

No segmento de intralogística, a Cassioli oferece soluções para diferentes tipos de produtos e necessidades, a exemplo de armazéns inteligentes, como miniload para pequenos volumes, transelevadores para paletes, armazenamento com veículo pallet shuttle, semiautomático para paletes e armazenamento automático em múltiplas profundidades.

Outra solução é o armazém automático Cartesio, recomendado para armazenar pequenos volumes e que possibilita criar um sistema modular que pode ser configurado da forma otimizada, de acordo com a área disponível.

Um modelo do sistema Cartesio, da Cassioli, está exposto no Centro de Inovação e Tecnologia (CIT), da GS1 Brasil. “A parceria com a GS1 é importante para difundir a cultura da inovação no país, elevar os padrões de automação e reduzir custos e processos na cadeia produtiva”, acredita Alessandro Crema.

A Cassioli oferece, ainda, soluções para separação de pedidos (picking) e veículos guiados automaticamente (AGV, AMR, LGV).

Benefícios da automação logística

solução de logistica da cassioli

As soluções de intralogística 4.0 oferecidas pela Cassioli ajudam a modernizar os processos produtivos, gerando vários benefícios para as empresas, tais como:

  • automação de processos de gerenciamento de armazéns, com redução da área dos armazéns e estoques graças à produção sob demanda/just in time;
  • melhor desempenho de processos manuais através de robôs que dão suporte aos operadores para gerenciamento interno, montagem, armazenamento, separação, embalagem e expedição;
  • automação e aumento de velocidade graças ao software de Inteligência Artificial;
  • maior produtividade graças a sistemas de gerenciamento autônomos e inteligentes, como o SLS (Shuttle Looping System) e o AGV (Automatic Guided Vehicles);
  • integração de software de armazém com máquinas, fluxos operacionais e sistemas de gestão;
  • sistemas escalonados e expansíveis;
  • baixo consumo energético.

Como exemplo, a companhia contribuiu para a construção da fábrica de eletrodomésticos de Arctic Ulmi, na Romênia, que recebeu um reconhecimento do Fórum Econômico Mundial como modelo a ser seguido na aplicação dos princípios da Indústria 4.0. A Cassioli forneceu sistemas automáticos para o armazenamento de matérias-primas e produtos acabados; os componentes são transportados por transportadores especiais e veículos SLS automáticos.

Investir na automação logistica é uma estratégia que cada vez mais ganha importância para ajudar a otimizar os processos e impulsionar os resultados do negócio, principalmente considerando o atual cenário.

“A mudança repentina que a pandemia causou no setor intralogístico mostrou claramente a necessidade de se ter sistemas mais automatizados, eficientes e flexíveis, como aqueles oferecidos pela Cassioli. Por esse motivo, ela está nos dando novas oportunidades”, conclui Alessandro Crema.

Assista à entrevista com Alessandro Crema, da Cassioli.

Fotos: Divulgação Cassioli

Leia também

Logística 4.0: tendências e desafios para melhorar a eficiência

Tags