Escreva para pesquisar

Código 2D: o que é e quais as vantagens aos negócios?

O Código 2D, como o próprio nome já diz, é um código bidimensional, conhecido popularmente como QR CODE, que possui a capacidade de armazenar muito mais informações como: data de validade, lote, número de série, data de produção, data de embalagem, entre outros dados.

Para a indústria, o Código 2D funciona como uma embalagem estendida, possibilitando a inserção de dados adicionais e variáveis, apoiando em ações de prevenção de perdas, recall, logística reversa, economia circular, sustentabilidade, campanhas promocionais e muito mais.

Mas não é só a indústria que se beneficia. As informações deste QR CODE padrão circulam entre indústrias e varejistas atendendo toda cadeia produtiva.

Portanto, ele garante a interoperabilidade eficaz entre todos os envolvidos, permitindo que os dados sejam compartilhados de forma otimizada e segura.

E as vantagens não param por aí. O Código QR CODE traz outros benefícios que envolvem toda a cadeia de suprimentos, como bloqueio da venda de produtos vencidos ou recolhidos, gerando mais segurança no controle; melhora na eficiência e agilidade no ponto de venda (PDV); melhor gestão de estoque; mais engajamento e visibilidade para o consumidor; mais acesso a informações adicionais; possibilidade de habilitação em iniciativas de rastreabilidade; e integração em ações de sustentabilidade.

Evolução ao Código Linear

Ao longo dos anos, o tradicional Código de Linear, também conhecido como Código de Barras, passou por novas demandas que, como consequência, exigiram novas possibilidades desta solução, conforme afirma a CEO da GS1 Brasil, Virginia Vaamonde.

“Os consumidores estão constantemente exigindo mais informações sobre os produtos que compram, onde são cultivados e a melhor forma de usá-los e reciclá-los. Soma-se a isto o fato de que os varejistas estão ficando sobrecarregados com o grande volume de dados que vêm de várias fontes em diferentes formatos, o que é cada vez mais complicado quando se trata de recalls de produtos (coleta de produtos por contaminação, por exemplo)”, comentou a CEO ao Portal de Notícias da GS1 Brasil.

Diante dessa nova necessidade do mercado, nasceu o Código QR CODE, que atualiza o Código de Barras e tem como principal benefício a possibilidade de codificar muito mais dados.

“Ele pode conter detalhes como o lote e o número de série de um item, que são fundamentais para o setor da saúde, bem como as datas de validade, informação essencial para o rastreamento, por exemplo, de alimentos frescos. Esta codificação também pode alertar o varejista sobre a data de validade quando digitalizado no checkout, e o sistema poderá impedir a compra”, esclarece Virginia.

Vantagens do Código 2D ao consumidor final

Como visto nesta reportagem, por meio do Código QR CODE, os produtos oferecem muito mais informações, que poderão ser automaticamente inseridas no sistema de gestão, aumentando a produtividade das empresas.

Este padrão pode incluir uma URL com vídeos, receitas possíveis com aquele item, incentivos para fidelização, downloads relacionados ao produto ou à marca, entre outras informações.

Foto: iStock

Leia também

10 facilidades que o código 2D pode trazer para os negócios

Tags