Escreva para pesquisar

Código de barras orienta o consumidor na Black Friday

A numeração do código de barras impresso na embalagem dos produtos, que o consumidor já conhece bem, é a principal orientação para que se tenha certeza da procedência e originalidade de cada item que se busca nos marketplaces.

Nesse período de consumo da Black Friday, é importante que o consumidor tenha certeza de que o item que procura tem as mesmas características em todos os sites de busca.

A partir da numeração do código de barras fornecido pelos fabricantes dos produtos, a legitimidade é garantida. Detalhes como modelo, cor, tamanho, número são únicos a cada código dos produtos.

Por isso, na comparação de itens em vários market places fica mais segura quando o consumidor consulta nos websites de fabricantes ou nas embalagens o código.

Além das características dos produtos, a comparação de preços e a veracidade dos descontos também podem ser verificadas por meio da numeração do código de barras de padrão GS1 – o mais usado no mundo todo.

Segundo a pesquisa Consumidores, realizada em setembro pela GS1 Brasil, 62% dos consumidores já utilizam o código de barras para ter certeza de que está visualizando o mesmo produto tanto na loja física quanto na online.

A pesquisa tem o objetivo de mapear os hábitos de compras dos consumidores em todo o País.

Após 1.255 entrevistas com pessoas acima de 18 anos de idade, a amostragem conclui que 75% delas preferem os websites de comparação de preços; 46% buscam seus produtos desejados nos market places e sites das lojas; e 31% buscam os sites dos fabricantes.

“As informações dos produtos são essenciais para a decisão de compra; 93% dos consumidores acreditam que as informações dos produtos devem ser idênticas tanto na loja física quanto na online”, afirma o presidente da GS1 Brasil, João Carlos de Oliveira.

Imagem: iStock

Leia também: 12 dicas para faturar na Black Friday

Tags