Escreva para pesquisar

Compras online: 6 erros que levam o consumidor a desistir

A opção de compras online trouxe um novo nível de comodidade e praticidade, permitindo aos consumidores a flexibilidade de fazer compras a qualquer momento, adequando-se às suas agendas de trabalho e estilos de vida.

No entanto, nem sempre as compras são concluídas e podem existir diversos motivos para que isso aconteça. Por isso, a oitava edição do CX Trends, pesquisa da Octadesk em parceria com o Opinion Box, ouviu mais de 2 mil consumidores online sobre as experiências de compra deles no ambiente digital e levantou os principais motivos de desistência que afetam diretamente os consumidores e também as empresas. Confira:

1. De olho nas entregas

O frete é apontado como ponto sensível da jornada do consumidor. No CX Trends 2023, 63% dos entrevistados disseram já ter desistido de finalizar uma compra por causa do preço de entrega e 43% fizeram o mesmo por conta do prazo de entrega muito longo.

“Com a economia incerta, os consumidores estão pesquisando mais e gastando menos, por isso é preciso agir de forma inteligente e eficiente. A empresa que investe na conquista do cliente, também precisa  planejar o momento da conclusão da compra. Se o usuário encontra algum fator que impacta diretamente na decisão final, sua empresa corre o risco de aumentar absurdamente o abandono de carrinhos”, alerta Rodrigo Ricco, CEO da Octadesk.

2. Preços elevados

O valor do produto ou serviço pode ser fator crucial na decisão de compra. Por isso, o vice-campeão de desistência é o preço elevado com 56%.

“No mundo digital, temos acesso a uma ampla gama de opções de produtos e isso significa que podemos comparar os valores e encontrar facilmente ofertas mais atrativas. Se um site apresenta um custo muito acima da média, é natural que os consumidores busquem alternativas mais acessíveis ou até mesmo cupons de desconto e ofertas progressivas, como leve 3 e pague 2, por exemplo”, destaca Ricco.

3. Confiança

54% dos entrevistados disseram ter desistido de concluir compra por sentir que a empresa não é confiável. A falta de transparência nas informações fornecidas, como descrições, preços, políticas de devolução e até mesmo sobre o atendimento ao cliente pode despertar esse sentimento nos usuários.

“Eles precisam se sentir informados para tomar uma decisão. Seja no online ou físico, construir e manter a confiança é essencial para o sucesso de qualquer negócio. Dessa maneira, adotar práticas transparentes e fornecer um suporte eficiente, faz com que as empresas aumentem a credibilidade e, consequentemente, as chances de conversão” ressalta o especialista da Octadesk.

4. A reputação conta

Com o fácil acesso às informações, os consumidores estão cada vez mais dispostos a pesquisar e ler avaliações antes de finalizar as compras online.

Trinta e sete por cento dos respondentes afirmaram já ter abandonado um carrinho online por encontrar muitos comentários negativos sobre uma empresa e 33% por se deparar com reviews negativos de produtos. Ricco comenta que “problemas recorrentes com qualidade dos produtos, entregas atrasadas, falta de atendimento ou até mesmo casos de fraude, podem aumentar essas avaliações e influenciar nesta desistência”.

5. Atendimento

A qualidade do suporte ao cliente durante as compras online também pode ser fator decisivo. 36% já desistiram de uma compra online por causa de atendentes mal preparados, enquanto 35% desistiram por não encontrar canais para falar com a empresa e 18% por ter esperado muito tempo por uma resposta.

Ricco destaca que os usuários esperam um meio de comunicação eficiente durante as compras online, para esclarecer dúvidas, resolver problemas ou até mesmo solicitar assistência. “Se a marca não oferece um suporte acessível, responsivo e eficaz, isso pode afetar a decisão de compra. Neste cenário, é preciso preparar a equipe com treinamento e contar com a tecnologia como forte aliada para automatizar processos repetitivos de atendimento e assim, entregar a agilidade que o cliente deseja”.

6. Meios de pagamento nas compras online

compras online

O CX Trends 2023 ainda mostra que 31% dos consumidores já abandonaram o carrinho de compras online porque as opções de pagamento não atendiam às suas expectativas e que 25% não encontraram opções de parcelamento.

“A hora do pagamento também pode ser um obstáculo. Os usuários esperam encontrar alternativas de pagamento, como cartões de crédito, PIX, boleto bancário e até mesmo pagamentos via WhatsApp. O cliente está nos contando o que ele quer. A partir dessas informações, é preciso se destacar não apenas no produto comercializado, mas, também, na hora do pagamento”, finaliza Ricco.

Fotos: iStock

Leia também

Pagamentos: 7 dicas para vender ainda mais no e-commerce

Tags