Escreva para pesquisar

Conheça as vantagens e desafios dos eventos online

Segundo dados do YouTube, as buscas por conteúdo ao vivo cresceram 4.900% no Brasil durante a quarentena, acompanhando um fenômeno mundial.

Nesse mesmo caminho, o Instagram registrou um aumento de 70% no uso das lives – tanto para tran26smissão quanto para consumo.

Em entrevista ao Portal de Notícias da GS1 Brasil, a head de Eventos, Comunidades e Educação na Imaginadora, VP de Comunicação na MPI (Meeting Professionals International) e Conselheira no Conselho de Turismo da Fecomercio, Juliana Aranega, lembra que mesmo antes da pandemia, muitos estudos, formatos e iniciativas já aconteciam para eventos digitais.

“Em 2009, muitas reportagens, cartilhas e relatórios foram gerados em função de outra pandemia, a da H1N1. Mas a resistência era grande, da indústria, do público e dos próprios realizadores”, acrescenta.

No entanto, ela destaca que, em 2020, houve uma grande mudança.

“Saiu na frente quem já estava preparado e tinha percorrido todo esse movimento que começou 11 anos antes”, revela.

“A necessidade fez a demanda e alguns pontos realmente se mostraram vantajosos, já que os eventos online tendem a ser mais curtos e focados, na maioria das vezes, e são mais acessíveis, possibilitando que pessoas de diferentes regiões acompanhem o conteúdo”, exemplifica.

Conheça as vantagens e desafios dos eventos online

Cada tipo de evento tem uma vantagem. Para ajudar na sua escolha, especialistas enumeram as vantagens dos eventos online e presenciais.

Vantagens do evento online

Escala: a tecnologia faz o conteúdo chegar mais longe e elimina distâncias geográficas2.

Viagens: possibilita encontros sem grandes deslocamentos e aglomerações2.

Possibilidades: pode-se promover de uma live com formatos mais complexos, considerando gamificação e interatividade, por exemplo1

Multiplataforma: o conteúdo do evento pode ser distribuído em outras plataformas, como podcasts, vídeos para redes sociais e newsletters, entre outras1.

Preocupações do presencial: não há estresse da quantidade de no-show (não comparecimento dos participantes inscritos) e se haverá falta de comida ou cadeiras, por exemplo1.

Pelo celular: em eventos de pequeno porte, de acesso gratuito ou baixo valor de investimento, um aparelho de celular com acesso à internet somado a um conteúdo de qualidade pode satisfazer as necessidades dos participantes2.

Vantagens do evento presencial

Celebração: qualquer evento que tenha como objetivo celebrar, seja um casamento ou um evento de incentivo, tende a não caber em uma tela1.

Experiência: ir a um evento físico tem um ritual, uma preparação que muda muita sua relação com a experiência e conteúdo1.

Fator cultural: quando você vai a um evento que envolva viagem, não é só o evento em si que o transforma, mas toda a jornada1.

Experiência pessoal: um evento presencial permite desembarcar em outro destino, ser recebido por pessoas com outra cultura, comer um prato que sai da sua rotina e ouvir músicas locais e networking1.

VIP: por fim, eventos presenciais podem se tornar algo mais exclusivo2.

Fontes: 1. Head de Eventos, Comunidades e Educação na Imaginadora, VP de Comunicação na MPI (Meeting Professionals International) e Conselheira no Conselho de Turismo da Fecomercio, Juliana Aranega; e 2. Fundador e CEO do ZoOme.TV, Ricardo Kurtz

Eventos híbridos: o melhor dos dois mundos

Para Juliana Aranega, o mercado não volta a ser como era antes, pois os eventos digitais devem substituir uma parte do que era feito presencialmente por bastante tempo.

“Começam a crescer as demandas por eventos híbridos, com plateia presente e remota, e também formatos multi-hub”.

No formato multi-hub, há um evento principal e múltiplos locais são conectados a ele, por meio de uma transmissão ao vivo.

Já para o fundador e CEO do ZoOme.TV, Ricardo Kurtz, a virtualização é um caminho sem volta.

“Acredito que a interação tenha de ser algo cada vez mais intensificado, mesmo por meio da tecnologia”, diz  Kurtz.

“Pode parecer contraditório, mas acredito na tecnologia como algo que faz o conteúdo chegar mais longe, mas que não pode distanciar ou impedir a possibilidade da interação real, que aproxima as pessoas”, completa.

Segundo Kurtz, no futuro, o formato online vai se tornar ainda mais interessante, já que existem tecnologias que possibilitam mais interatividade entre os participantes, a exemplo da realidade virtual e realidade aumentada, além do 5G que promove mais qualidade e agilidade nas conexões.

Escolha do local adequado é fundamental

Para Juliana, um local dedicado a eventos online oferece muito mais segurança, conveniência e até melhor preço.

“Um evento online precisa ter link de internet potente e com redundância, gerador, iluminação adequada, tamanho adequado, acústica adequada. Então sem dúvidas utilizar estrutura especializada faz muita diferença”, recomenda

Estúdio GS1 Brasil: uma nova opção para realizar seus eventos online

debora freire da dfreire e cassio pedrao da toshiba durante o conexão tech

Debora Freire, da DFreire Comunicação, e Cássio Pedrão, da Toshiba, no estúdio montado na GS1 para o Conexão Tech. Foto: divulgação

Com o segmento de eventos digitais e híbridos fortalecidos, a GS1 Brasil Associação Brasileira de Automação,  criou um estúdio de gravação para transmissão de eventos online que já está disponível para locação.

O local é ideal para ações como reunião de vendas, entrega de prêmios, debate temático, cursos e palestras e lançamentos.

O estúdio está instalado em uma área privilegiada: no roof top da GS1, no bairro de Pinheiros, na capital paulista, com excelente ambiente cênico.

O local, está estruturado com sistema de captação de som e imagem, conexão à internet, sistemas de no-breaks e gerador.

Além disso, o ambiente conta ainda com plataforma de transmissão webinar com até cinco speakers remotos e interatividade para os participantes.

Para realização deste tipo de evento, o locatário conta ainda com o suporte de uma agência especializada em live marketing, a BEATO.

O estúdio está aberto para visitações técnicas. Para mais informações, entre em contato pelo e-mail: comercial@gs1br.org.

8 dicas para um evento digital de sucesso

empresario trabalhando com graficos financeiros

Após a definição do local adequado para realização do evento, é hora de planejar o evento.

Confira as sugestões dos especialistas para um evento digital de sucesso.

1. Tenha clareza do objetivo do evento1

Eventos sem propósito têm muito mais dificuldades em emplacar no modelo digital.

2. Estabeleça métricas1

Defina os objetivos do evento que incluem: números de inscritos e participantes. Também defina metas para a nota da pesquisa de Satisfação – Net Promote Score (NPS) dos participantes e para a obtenção de novos clientes e crescimento do tíquete médio.

3. Crie colaboração1

Antes do evento, converse com diversos stakeholders: colaboradores, clientes, fornecedores e equipe, entre outros. Quanto mais pessoas são ouvidas e mais claros estão os indicadores, maiores as chances de sucesso.

4. Gere engajamento1

Planeje todos os pontos de contato com os convidados antes, durante e depois do evento. É preciso escolher bem os múltiplos canais de contato e não abandonar o offline.

O excesso de telas faz qualquer peça física ganhar status de protagonista. Sugestões, como um kit de coffee-break, uma agenda impressa personalizada e uma carta-convite, são bem-vindas!

5. Desenvolva conteúdo1

Os eventos online pedem mais objetividade e formatos mais dinâmicos. O Power Point está agonizando. Na tela, o olhar é mais importante.

Para criar o line-up e um evento online é importante olhar para dois fatores: credibilidade (aquilo que sua audiência espera ouvir) e autoridade (aquilo que ela se sente privilegiada de ouvir a primeira vez no evento).

6. Tenha ritmo do evento1

Cabe emprestar todo o conhecimento que a TV já adquiriu e somar a isso a riqueza de interagir com a audiência.

Sem nunca deixar que os participantes tenham uma experiência passiva.

7. Comunidade1

Os eventos têm papel estruturante dentro das comunidades, mas a formação e gestão de uma comunidade trazem impactos ainda mais assertivos para os negócios.

Esta é uma evolução do papel dos eventos: ser um espaço de fomento e troca para comunidades com potencial transformador massivo.

8. Invista na infraestrutura2

Outro fator de grande importância é em relação à equipe, o formato e os equipamentos que serão utilizados na transmissão do evento, por exemplo, câmeras, microfones, iluminação, sinal de internet e entre outros.

É fundamental investir em materiais de qualidade para oferecer um evento agradável aos convidados.

Fontes: 1. Head de Eventos, Comunidades e Educação na Imaginadora, VP de Comunicação na MPI (Meeting Professionals International); e Conselheira no Conselho de Turismo da Fecomercio, Juliana Aranega; e 2. Fundador e CEO do ZoOme.TV, Ricardo Kurtz
 
Fotos: Getty Images

Leia mais

67% veem vacina como impulso para voltarem a eventos

 

Tags