Escreva para pesquisar

Consumidor quer embalagem sustentável no e-commerce de moda

Uma pesquisa conduzida pela Smurfit Kappa, um dos principais fornecedores de soluções de embalagens de papel do mundo, revela que os consumidores estão exigindo embalagens mais sustentáveis das marcas antes de realizarem compras online de moda.

O estudo foi realizado na Alemanha, Irlanda, Holanda e Reino Unido e apontou que 41% deste público se tornou mais consciente ecologicamente ao realizar as últimas compras desde o início da pandemia. Quase metade dos consumidores compram itens de moda online uma vez por mês ou mais, refletindo uma popularidade crescente entre os compradores do sexo feminino (44%) e do masculino (43%).

Os consumidores estão fazendo escolhas conscientes quando se trata de compras de moda online, indicando que tomaram medidas nos últimos seis meses para garantirem que suas aquisições sejam o mais ecologicamente consciente possível.

A pesquisa demonstrou que:

  • 23% dos consumidores de moda pesquisaram uma marca online para avaliar seu nível de sustentabilidade;
  • 35% deles afirmaram que não faria uma compra online de uma empresa de moda se descobrisse que sua embalagem não era ecológica;
  • 23% dos entrevistados recompraram de uma marca de moda com base em suas credenciais de sustentabilidade.

Consumidores desejam aprender mais

No entanto, os compradores de moda online estão enfrentando obstáculos quando se trata de fazer uma escolha sustentável. A pesquisa constatou a falta de informações acessíveis (34%), a falta de opções sustentáveis (32%) e o custo (30%) como as principais barreiras para que ele atue de forma mais sustentável ao fazer compras online.

Mais da metade dos entrevistados (57%) disseram que gostariam de ouvir mais sobre os esforços dos varejistas de moda online para serem sustentáveis nas embalagens. Isso destaca o nível de influência da sustentabilidade no comportamento de compra dos consumidores e como os esforços das marcas podem ampliar ou corroer sua base de clientes.

Os consumidores estão pensando de forma mais ampla sobre a sustentabilidade de suas compras, incluindo a embalagem. Já as marcas devem repensar a sustentabilidade de suas embalagens se quiserem atender essas mudanças nas expectativas de seus consumidores.

Embalagem sustentável contribui para as vendas

A pesquisa descobriu que os consumidores de moda eram mais propensos a avaliarem a sustentabilidade das embalagens como um impacto positivo na impressão de sua compra em relação às técnicas tradicionais de marketing.

A maioria dos entrevistados afirmou que o uso eficiente de materiais (62%), a utilização de materiais sustentáveis (61%) e avaliar as credenciais de sustentabilidade de uma marca (56%) contribuem para uma impressão positiva de sua compra online assim que recebem a embalagem. Dois terços dos consumidores (66%) acreditam que os varejistas de moda online são responsáveis por garantirem que suas embalagens sejam sustentáveis.

A Smurfit Kappa desenvolve um portfólio de embalagens, chamado e-Commerce Fashion Portfólio, como alternativa às marcas à medida que a conscientização do consumidor e as preocupações com o desperdício de embalagens continuam crescendo. O e-Commerce Fashion Portfólio oferece soluções de embalagem em papel com design para produtos de todos os formatos e tamanhos, e que são recicláveis e biodegradáveis.

Varejo online de moda no Brasil

Com a pandemia do Covid-19, o e-commerce no Brasil atingiu altos patamares assim como no mundo inteiro. Como as lojas físicas que estavam fechadas durante este período, o Varejo Online de moda não ficou atrás.

“Todos os dados obtidos com a pesquisa e-Commerce Fashion Portfólio que realizamos demonstram que os consumidores estão cada vez mais conscientes ao optarem não apenas por produtos e serviços que sejam eticamente sustentáveis, mas também estão preocupados com toda cadeia de produção, inclusive as embalagens”, afirma Manual Alcalá, CEO da Smurfirt Kappa.

“No Brasil, tivemos um incremento do 1º para o 2º trimestre, de 148%, impulsionado, principalmente, pelos clientes dos segmentos de varejo e bebidas e agora estamos também conduzindo projetos para empresas do segmento de moda, que também tiveram um crescimento expressivo neste período e estão acelerando a venda por canais digitais de forma a transmitir uma experiência que o consumidor teria na loja física na sua casa por meio da embalagem”, complementa.

Sobre a pesquisa

A pesquisa foi conduzida pela Vitreous World que entrevistou um total de 2.000 consumidores na Alemanha (500), Irlanda (500), Holanda (500) e Reino Unido (500). A coleta de dados ocorreu em setembro de 2020. Consumidores de moda online são definidos como entrevistados que compraram itens de moda online uma vez por mês ou mais. Os consumidores gerais referem-se à amostra representativa natural pesquisada de cada mercado.

Foto: Getty Images

Tags

Send this to a friend