Escreva para pesquisar

Coronavírus já impacta intenção de lançamento de produtos

O Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial, que mensura a intenção de lançamentos de produtos no País, apresentou queda de 16,3% de janeiro a março de 2020, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Normalmente, os primeiros meses do ano são períodos em que a intenção de lançamentos de produtos tende a ser menor. A partir do mês de março, no entanto, inicia-se uma retomada da intenção de lançamento de produtos.

Entretanto, em face aos acontecimentos recentes relacionados ao COVID-19, essa retomada não foi identificada, devido não só a paralisação de muitas empresas, mas também à mudança de foco daquelas que estão em atividade, que optam por focar em atender as demandas emergenciais, postergando o lançamento de produtos.

“A intenção de lançamento de produtos no primeiro trimeste já traz reflexos dos impactos da pandemia da Covid-19 na economia. As incertezas dos mercados nacional e internacional deixam o empresariado bem cauteloso, decidindo muitas vezes adiar o lançamento de produtos para um momento de maior estabilidade. Estamos todos focados em vencer esse grande desafio, pois temos mais de 58 mil motivos para transformar as incertezas de mercado em muito trabalho”, afirma a CEO da GS1 Brasil, Virginia Vaamonde.

Regiões e setores sob impacto da pandemia

Refletindo esse cenário, de janeiro a março, o Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial apresentou queda nas regiões do País. A maior queda foi observada no Centro-Oeste, com -36,4%.

tabela do índice gs1 de atividade industrial de janeiro a março de 2020 por regiao

Já no recorte por setores, o maior impacto no primeiro trimestre foi registrado em Produtos Diversos, categoria composta pela fabricação de brinquedos, jogos, artefatos esportivos e joias, com redução de 55,2% no período.

tabela indice gs1 de ativiadade industrial de janeiro a março de 2020 por setor

Metodologia do Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial

Elaborado pela GS1 Brasil em parceria com a 4E Consultoria, o indicador mede a intenção de lançamento de produtos no País.

A amostra envolve indústrias associadas à GS1 Brasil que atuam em vários setores, como bebidas, fumo, têxteis, calçados, papel e celulose, produtos farmacêuticos, equipamentos de informática, eletrônicos, etc., atividades descritas nas divisões de 10 a 33 da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

O índice é atualizado no primeiro dia útil de cada mês.

O indicador pode ser utilizado por consultorias especializadas, bancos, empresas, órgãos governamentais ou qualquer pessoa que queira acompanhar indicadores antecedentes a fim de realizar estudos de acompanhamento ou previsão de mercado.

Para obter as tabelas completas, acesse: www.gs1br.org/dados.

Foto: Getty Images

Tags

Send this to a friend