Escreva para pesquisar

Dia das Mães exige estratégia e organização de e-commerces

Sem um planejamento adequado, as empresas correm o risco de não atender à demanda dos clientes para o Dia das Mães, perder vendas e prejudicar sua reputação no mercado

Datas comemorativas e períodos festivos sempre movimentam o setor de compras, seja em shoppings centers, centros comerciais ou lojas virtuais. Nos últimos anos, a venda online tomou maior proporção nas pesquisas de resultados do setor. Em 2022, de acordo com informações da Nielsen Ebit. para o portal E-commerce Brasil, o e-commerce nacional faturou R$ 262 bilhões.

Segmentando por datas, o Dia das Mães representa uma boa fatia das vendas do varejo digital. Em 2022, o faturamento online das pequenas e médias empresas, por exemplo, nesse período, atingiu a marca de R$ 142 milhões, segundo informações analisadas pela Nuvem Shop e divulgadas pelo portal E-commerce Brasil. Ainda de acordo com o levantamento, os segmentos de Moda, Saúde & Beleza e Acessórios foram os mais procurados, liderando as vendas on-line do ano passado.

Pesquisa Dia das Mães

Para este ano, segundo uma ampla pesquisa realizada pela plataforma Gente Globo, 72% das pessoas pretendem presentear alguém no Dia das Mães. Diante do cenário promissor, lojas virtuais devem se preparar para receber os consumidores. É o que afirma o CEO da Effect E-Commerce e especialista em marketing, Guilherme Tavares.

“É uma data importante para o comércio e pode ser uma ótima oportunidade para alavancar as vendas. Cada loja deve analisar seu público-alvo e seu mercado para definir quais ações são mais adequadas”, aponta.

O planejamento de ação comercial, em períodos de celebrações como esse, é de suma importância devido ao aumento significativo na demanda de produtos ou serviços específicos.

“Sem um planejamento adequado, as empresas correm o risco de não atender à demanda dos clientes, perder vendas e prejudicar sua reputação no mercado. Esse processo é essencial para aproveitar ao máximo as oportunidades oferecidas pelas datas comerciais”, aconselha o CEO da Effect E-Commerce.

Ainda de acordo com o especialista, é necessário oferecer uma experiência de compra diferenciada, que transmita comodidade, praticidade e segurança.

Dentre as ações que podem ser realizadas, Guilherme Tavares menciona o anúncio de promoções exclusivas, a garantia de segurança na compra online, métodos facilitados de pagamento, opções de entrega flexíveis, bom atendimento ao cliente e utilização das redes sociais para divulgação de produtos e serviços.

Os pontos destacados pelo especialista também são apontados na pesquisa da Globo Gente, em que, entre principais motivos para escolher onde comprar estão: preço, variedade de produtos, confiança na loja e facilidade na hora da compra.

Dicas para vender mais no Dias das Mães

dia das mães

Na prática, o CEO da Effect E-Commerce lista algumas ações que podem ser tomadas antecipadamente pelas lojas virtuais, visando maior aderência dos consumidores para o Dia das Mães:

Criar campanhas de e-mail marketing segmentadas;
Utilizar anúncios nas redes sociais;
Personalizar produtos;
Oferecer frete grátis ou brindes;
Utilizar vídeos promocionais;
Em campanhas de Google Ads, aproveitar o poder das palavras-chave.
Para complementar, Guilherme Tavares salienta a importância da presença digital das empresas, pois cada vez mais os consumidores estão usando as redes sociais para efetuar compras e saber opiniões sobre algum produto ou serviço.

“Muitas pessoas ainda acham que o mercado é simples, ou que ‘é só colocar na internet que vende’. Ainda existe esta falta de conhecimento. Um relacionamento próximo com o cliente é o que, de fato, pode trazer ótimos resultados”, finaliza.

Leia também

6 tendências para a transformação digital em 2023

Tags