Escreva para pesquisar

Diversidade e inclusão: 5 dicas para começar na empresa

Diversidade e Inclusão têm ganhado cada vez mais destaque no âmbito corporativo, já que as organizações reconhecem a importância desses tópicos e estão adotando abordagens concretas, colocando os temas relacionados à ESG no planejamento estratégico dos negócios.

De acordo com o relatório ‘Tendências de Gestão de Pessoas em 2022’, produzido e divulgado pelo Great Place to Work (GPTW), a maioria dos colaboradores enfatizam que a Diversidade e Inclusão são temas importantes para as empresas, porém somente 12,1% enxergam que as corporações possuem maturidade neste aspecto.

Essa discrepância entre o reconhecimento da relevância e a efetiva maturidade realça o desafio de transformar intenções em ações concretas. Portanto, a Scooto apresenta 5 dicas para elaborar um plano de D&I consistente.

1 – Engajamento da liderança

liderança

O comprometimento genuíno com o tema deve ser demonstrado de maneira contínua, coerente e visível pela liderança.

Esse compromisso não apenas influencia a cultura organizacional, mas também transmite uma mensagem poderosa aos colaboradores de que essa estratégia é uma prioridade, e não uma tendência passageira.

2 – Avaliação e diagnóstico

É essencial avaliar a atual situação da empresa em relação ao assunto para identificar deficiências e áreas que necessitam de aprimoramento. Ainda segundo o Great Place to Work (GPTW), 93% das empresas reconhecidas como ‘Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil em 2021’ possuem um profissional dedicado a combater a discriminação e promover a diversidade.

Neste sentido, a realização de uma auditoria especializada é altamente eficaz, já que permite uma análise minuciosa de fatores como representatividade em cargos técnicos e estratégias de recrutamento.

3 – Estabelecimento de objetivos claros para a diversidade e inclusão

conceito de inovacao e liderança

Para efetuar a implementação de um plano de diversidade e inclusão de maneira eficaz, é importante estabelecer metas objetivas, pois, não somente fornecem diretrizes claras, mas também mantêm o foco na obtenção de resultados tangíveis.

4 – Políticas e práticas inclusivas

diversidade na gestão de pessoas

O desenvolvimento de soluções efetivas inicia-se com a formulação de políticas afirmativas que garantam um ambiente seguro e acolhedor para todos os indivíduos, assegurando igualdade de oportunidades.

Elas podem englobar diversas iniciativas, como o aumento da diversidade em posições de liderança, a promoção de uma cultura inclusiva nas decisões estratégicas e o estímulo à criação de soluções diversas.

5 – Letramento e sensibilização

diversidade e inclusão

O letramento em Diversidade & Inclusão proporciona uma base sólida de conhecimento sobre tópicos relacionados ao tema, como preconceitos inconscientes, estereótipos, privilégios e diferentes identidades. Isso não apenas aumenta a conscientização dos colaboradores, mas também os instrui sobre como essas questões podem impactar o ambiente de trabalho.

Além disso, é importante integrar o letramento ao processo de recrutamento de novos colaboradores e criar uma variedade de recursos, tais como workshops, vídeos e materiais online, para atender a diversos estilos de aprendizado. Incentive ainda a aprendizagem contínua e crie espaços abertos para diálogos sobre assuntos sensíveis.

Foto: iStock

Leia também

60% dos RHs não têm programa de diversidade e inclusão

 

Tags