Escreva para pesquisar

E-commerce: 5 dicas de ouro para aumentar as vendas

Usar as estratégias corretas de comércio eletrônico pode levar o negócio ao próximo nível e resultar em mais vendas.

Ou seja, investir em boas práticas digitais ajuda a gerar oportunidade de negócios, atrair e fidelizar clientes.

A quarta edição da pesquisa Painel TIC Covid-19 mostra que 51% dos usuários da Internet realizaram algum tipo de compra online durante a pandemia.

O Country Manager da CM.com, Ronald Bragarbyk, afirma que nos últimos dois anos, os hábitos de compra mudaram e o consumo online ganhou espaço.

“As empresas devem estar atentas às demandas de mercado para que possam garantir um melhor atendimento e ainda melhorar os resultados e fluxo de trabalho. Para quem não possui um e-commerce, por exemplo, as etapas do atendimento podem ser agilizadas via canal do WhatsApp com um chatbot para fornecer informações sobre estoque da loja física ou até mesmo tirar dúvidas de determinado produto”, explica.

Neste cenário, os empreendedores devem estar atentos a alguns fatores como a experiência do usuário e formas de pagamento para aumentar as vendas e incentivar o engajamento da marca.

E para ajudar nessa missão, Ronald preparou uma lista com as 5 dicas de ouro que vão auxiliar na comunicação com os clientes e na oferta de produtos e serviços.

1 – Comunicação Omnichannel auxilia nas vendas

Omnichannel

Para ter sucesso no mercado competitivo de hoje, fornecer um ótimo atendimento ao cliente é fundamental.

“Os clientes têm altas expectativas e esperam respostas imediatas e de apoio da equipe. Além disso, eles esperam ter suporte em seus canais favoritos, que vão desde o chat do site até o WhatsApp. Oferecer uma experiência omnichannel consistente em todos os dispositivos e canais é fundamental para evitar altas taxas de rotatividade”, explica.

2 – Disponibilizar as informações de que precisam

inovação

Ronald explica que, atualmente, a maioria dos consumidores são nativos digitais e buscam informações sobre as empresas e recomendações de marcas online.

“Por isso, certifique-se de que seus clientes tenham acesso a todas as informações de que precisam. Inclua perguntas frequentes sobre sua empresa, preços e serviços. Os clientes devem ser capazes de descobrir de forma rápida e fácil os descontos a que têm direito, como alguma coleção exclusiva e condições especiais”, ressalta.

3 – Boas experiências para a equipe interna

pmes na black friday

As equipes de atendimento podem ter uma alta rotatividade.

Em datas especiais, como o Dia das Mães e Natal, algumas lojas abrem vagas temporárias e, para que tudo ocorra bem, é preciso treinar os novos membros e equipá-los com todo o conhecimento necessário.

“A boa experiência deve começar dentro de casa. Ter informações concentradas em um único sistema evita falhas de comunicação e perda de conhecimento. Ou seja, uma base de conhecimento inteligente e conversacional pode ajudar os funcionários intuitivamente”, afirma o executivo.

4 – Comunicação proativa

Com as informações reunidas em um único local, o lojista pode aproveitar as datas especiais para criar campanhas de marketing digital personalizadas.

“Estar um passo à frente de seus consumidores e enviar automaticamente uma promoção em primeira mão pode significar a diferença entre um fracasso ou uma excelente experiência. Veja cada contato com o cliente como uma oportunidade de construção de relacionamento”, finaliza Ronald.

5 – Social Commerce para as vendas

whatsapp

I

O executivo ainda explica que as lojas devem contar com as redes sociais para promover a venda e a divulgação durante as comemorações sazonais.

“Aproveite para ofertar os produtos que estão disponíveis na loja física e também no e-commerce. Crie conteúdos com dicas de presentes especiais e promova seus descontos e promoções nestes canais. A adesão de compra e venda no Social Commerce, ou comércio realizado nas redes sociais, está cada vez mais popular”, finaliza Ronald.

Foto: iStock

Leia também

4 erros capitais ao vender no marketplace: evite! 

 

Tags