Escreva para pesquisar

GIC preparada para o Brasil em Código 2022

O Brasil em Código 2022 se aproxima e a GIC está pronta para o evento. Aliás, segundo o CEO da empresa, Irineu Fernandes, a GIC Brasil não poderia faltar neste “Festival de Inovação de Tecnologia”.

Irineu Fernandes, da GIC Brasil. Foto: divulgação

“Faz parte do DNA da nossa empresa acompanhar as evoluções da cadeia de suprimentos e conectar com empresários, executivos e representantes do setor produtivo. Transformar o varejo alimentar é um valor para a GIC Brasil e compartilhamos este princípio com parceiros e agentes de toda cadeia. Esta é a nossa expectativa: ver de perto as melhores práticas e tendências, estabelecer novas conexões, reforçar vínculos e criar parcerias que apontam para um futuro de desenvolvimentos em favor do indivíduo, dos negócios e da sociedade. Uma satisfação participar mais uma vez deste grande evento, agora de novo de forma presencial”, disse o executivo, em entrevista ao Portal de Notícias da GS1 Brasil.

Para 2022, a companhia apresentará aos visitantes do evento os avanços nesses últimos anos. Isso inclui a ampliação do portfólio de soluções com novos lançamentos, com a apresentação do sistema RUB de gestão automatizada e o GondolEye, sistema de captura e reconhecimento de imagens nas lojas.

“Estamos relançando a nova versão do GondolEye e preparando a chegada de uma terceira solução, o MESK, um integrador de pedidos via marketplace para o varejo. Além disso, estamos fortalecendo a nova área de Educação Corporativa, que realiza uma série de eventos para o setor este ano, e vamos dar seguimento ao lançamento do livro Os Rumos do Varejo no Século XXI, Pandemia e Transformação, que escrevi para a coleção “O Varejo em Foco”. Não é pouco. Estamos entusiasmados em nos apresentar e aprender com o evento”, comentou Fernandes.

GIC Brasil aposta em inovação e capacitação

A GIC Brasil está no mercado há mais de 20 anos com uma missão de inovar e aperfeiçoar a experiência do consumidor no varejo. “Essa missão inspira nosso time a cada ano a entregar novas soluções, fazer acontecer e atender as tendências do varejo – em alguns casos, somos nós que criamos as tendências”, pontua o executivo.

Para exemplificar esse cenário, Fernandes cita a ocasião do lançamento do atual carro-chefe da empresa, o sistema RUB de gestão automatizada da operação de loja. E, agora, a chegada do MESK, que promete entregar segurança, agilidade e precisão aos varejistas para lidar com pedidos online feitos por diferentes marketplaces em uma única plataforma de gestão e acompanhamento.

Outro projeto da GIC que deve ter continuidade em 2023 está focado na capacitação. “Vamos investir cada vez mais nos eventos de Educação Corporativa que estamos realizando, de forma hibrida, para capacitar cada vez mais o setor. Chamamos o projeto de GIC Amplia WebTalk e GIC Amplia Masterclass”, revela.

Sobre as expectativas para 2023, Fernandes citou que apesar do grande desafio de prever o próximo ano na dinâmica do mercado brasileiro, as projeções da GIC são bastante positivas. “Primeiro, fazemos parte de uma cadeia que vem se superando, principalmente desde o começo da pandemia, que é a cadeia de suprimentos do varejo alimentar. Segundo, andamos ao lado, passo a passo, aos players do setor, oferecendo soluções que fazem a diferença para a rentabilidade do negócio e a qualidade do atendimento do comprador. Temos conseguido avançar ao longo destes anos com taxas de crescimento de dois dígitos na maior parte dos anos, e projetamos esta mesma evolução para o próximo ano”, projeta.

Diversas soluções ao varejo

gic brasil

Sede da GIC Brasil. Foto: divulgação

Tornar o mais simples e precisa possível a gestão de uma atividade diária que é a operação do varejo físico e online é a principal meta GIC no mercado. “Desenvolvemos soluções que exigem investimentos complexos de capital humano, financeiro e tecnológico, que se transformam em ferramentas de fácil uso e gerenciamento para controle ótimo, desde ciclos de estoque e presença de produtos em lojas físicas até etapas internas cruciais nos mecanismos de venda via marketplace e até mesmo do e-commerce. Simplificamos a operação, geramos previsibilidade e mitigamos perdas e desperdícios”, sintetiza Fernandes.

Além dos sistemas RUB e MESK, outra solução da GIC que vem atraindo boa parte do varejo é o GondolEye, um sistema de captura e reconhecimento de imagens, que funciona como os olhos do varejo, 24 horas por dia.

“Este é o nosso esquadrão atual de ferramentas e teremos mais soluções para a frente. Como dizemos, a GIC Brasil vai ao futuro e traz as inovações de que o varejo necessita para o presidente. Tudo com  base em tecnologia, que define a experiência do consumidor”, finaliza.

Fotos: divulgação

Leia também

Brasil em Código volta ainda mais inovador: inscreva-se já!

 

Tags