Escreva para pesquisar

GS1 Brasil colabora com a Casa do Bom Menino de Arapongas

Atuar na defesa da criança e do adolescente motivando o acesso à educação, à cultura e ao esporte. Esse é o propósito da Casa do Bom Menino de Arapongas, fundada em 1977 e que atua no interior do estado do Paraná. Esta é uma das ONGs que recebem o apoio do Programa Sustentabilidade em Código, da GS1 Brasil, que reúne de maneira estratégica todas as ações da entidade na área.

O Portal de Notícias da GS1 Brasil traz nesta reportagem um pouco da história da Casa do Bom Menino de Arapongas. “A entidade atende crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, com idade de 9 a 15 anos, estudantes do 5º ao 9º ano. Mais de 3 mil crianças já passaram pela instituição”, conta o presidente da entidade, Paulo Hermínio Pennacchi.

“Temos a missão de edificar pessoas, com a visão de sermos reconhecidos como instituição de excelência na formação da sociedade, compreendendo o aprimoramento cultural, físico e cognitivo de crianças e adolescentes. Praticamos, como principais valores, a ética, a responsabilidade, a transparência e o respeito à vida”, resume Pennacchi.

Trajetória de conquistas

Em toda a sua história, a Casa do Bom Menino de Arapongas desenvolveu uma série de ações importantes para seu público.

Em 2005, por exemplo, deu início ao Projeto Crescer I para atender crianças e adolescentes. Em 2009, criou o Projeto Crescer II, sendo executado também pela Casa do Bom Menino, mas realizado no espaço físico cedido pela Universidade Norte do Paraná (Unopar).

Hoje, por meio deste projeto, a entidade oferta para alunos do 9º ano, no período do contraturno escolar, oficinas pedagógicas de Matemática, Português, Inglês, Espanhol, Informática, Cidadania, Educação Física, Tarefa, Treino Neurocognitivo e Oficinas Culturais de Canto, Coral, Dança, Flauta doce, Teclado, Teatro, Capoeira, Fanfarra, Karatê e Oficina de Culinária/Chocolate. Em 2020, o Projeto abriu turmas estudantes do  5º ano.

“Ao longo desses 15 anos, o Projeto Crescer acumulou grandes conquistas, primeiramente pelo aumento do número de alunos matriculados. No início, atendia cerca de 100 alunos e, hoje, são 704. Nossa meta agora é chegar a 800 estudantes. Muitos dos participantes que concluíram o período de frequentar o projeto, hoje são jovens adultos que cursaram graduação, formaram uma família e possuem uma profissão. Inclusive a própria entidade já contratou ex-alunos como estagiários”, conta Pennacchi.

Ações na pandemia

A Covid-19 não cessou os trabalhos desenvolvidos Casa do Bom Menino de Arapongas. Aliás, durante a pandemia, foram várias as ações que o Projeto Crescer realizou, a exemplo de reformas e construções prediais, já que ocorreu a suspensão das aulas presenciais.

“Entre diversas outras melhorias, temos a troca de 913 m² de telhado das salas de aula e área administrativa; reforma interna, transformando o espaço de dois banheiros antigos e mais um corredor em uma nova sala de aula; e troca total da rede elétrica”, enumera o presidente da entidade.

Além disso, são diversas outras obras de melhorias em andamento, como a transformação de uma garagem em duas salas de aula, sendo que uma será destinada para Oficina de Robótica, em 2021. O término dessa obra está previsto para início de novembro de 2020.

Esse ano também foi marcado pelo lançamento do Portal do Aluno e Professor, que aconteceu em julho. Segundo Pennacchi, este portal contempla aulas gravadas diariamente pelos professores e editadas por colaboradores internos. Até o dia 18/09/2020, foram produzidos 486 vídeos de todas as oficinas culturais, pedagógicas e extras.

A partir dessa iniciativa, a entidade lançou também a Campanha Conexão Solidária, que arrecadou (e está arrecadando) smartphones, computadores e tablets para alunos que não possuem esses dispositivos para acessar as aulas online.

“A exemplo do que ocorreu com as escolas e demais instituições de todo o mundo, a pandemia forçou toda a equipe do Projeto Crescer, alunos e familiares a uma nova postura diante do desafio de produzir e transmitir conteúdo. Uma vez suspensas as atividades presenciais, o primeiro desafio foi cumprir à risca os protocolos de saúde pública. Depois veio a necessidade de encontrar alternativas para seguir auxiliando os alunos dentro da filosofia do Projeto”, conta Pennacchi.

Parceiros são essenciais

Assim como acontece como qualquer organização não-governamental, todo auxílio que chega ao Projeto Crescer é sempre muito bem-vindo.

“Como os nossos serviços se destinam a crianças e jovens de famílias com renda de até três salários mínimos vigentes no País, há a necessidade de se investir cada vez mais não só para atender ao público-alvo já existente, com a oferta de ensino diferenciado, alimentação, orientação psicológica, oficinas culturais etc, mas também para preparar a estrutura do Projeto para a demanda crescente de novos alunos”, comenta Pennacchi, salientando que, nesse sentido, o apoio da GS1 Brasil é um fato de orgulho para a entidade.

“É um auxílio imprescindível para que a mão amiga do Projeto Crescer permaneça estendida a centenas de crianças e jovens da nossa comunidade”, finaliza Pennacchi.

Casa do Bom Menino de Arapongas

Endereço: Rua Pato Bravo, 197 – Jardim Cultura – Arapongas – PR

Contato: (43) 99972-0679

Site: www.projetocrescerarapongas.org.br

Leia também

Conheça as ações sociais da GS1 Brasil

Tags