Escreva para pesquisar

40 anos da GS1 Brasil

Este ano marca o 40º aniversário da GS1 Brasil. A imagem apresenta a logomarca oficial da campanha brasileira. Crédito: divulgação

A GS1 Brasil está celebrando seu 40º aniversário, uma importante marca na história da organização multissetorial.

Ao longo das últimas quatro décadas, ela tem desempenhado um papel fundamental no crescimento e fortalecimento do mercado, colaborando com associações, indústrias, varejistas e provedores de soluções para criar um ambiente de confiança e transparência na cadeia produtiva.

Nesta matéria especial para o Portal de Notícias da GS1 Brasil, reunimos depoimentos de líderes de associações e empresas que trabalham em conjunto com a GS1 Brasil, destacando os principais pontos que enaltecem a importância da organização em seus respectivos mercados.

Parceria sólida com a indústria de alimentos

João Dornellas,Presidente executivo da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos - ABIA

João Dornellas da ABIA. Crédito: divulgação

O presidente executivo da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA), João Dornellas, destaca a importância da GS1 para a indústria brasileira de alimentos e bebidas, enfatizando a missão da organização de produzir alimentos seguros, saudáveis e nutritivos. “A tecnologia de código de barras nos permite a rastreabilidade dos processos de forma simples, transparente e eficaz, trazendo confiabilidade para toda a cadeia produtiva, ajudando a estabelecer uma relação de confiança com compradores, fornecedores e consumidores de todo o mundo”, avalia. .

O presidente executivo da ABIA reforça que o País ocupa, hoje, a posição de segundo maior exportador mundial de alimentos industrializados e há mais espaço para crescimento. “Essa evolução passa, necessariamente, pela qualidade e segurança comprovada dos nossos produtos e processos. E a GS1 é uma importante aliada nessa trajetória”, avalia.

O Head de Controle de Gestão e Planejamento da Danone, Rafael Leite, reforça a importância da GS1 no setor e afirma que a GS1 tem sido essencial para garantir que os produtos da empresa sejam distribuídos e organizados de forma eficiente. A Danone, com sua missão de levar saúde ao maior número de pessoas possível, possui cerca de 300 produtos no mercado nacional, muitos dos quais requerem cuidados especiais na logística, como a refrigeração. “O mercado como um todo ganha “em agilidade, confiabilidade, transparência, organização, segurança e gestão”, beneficiando também os consumidores em termos de segurança e conhecimento sobre os produtos adquiridos”, pontua.

Segundo Leite, a GS1 tem ajudado a Danone a acompanhar as tendências e preferências dos consumidores, auxiliando em diversas áreas, desde a distribuição até o desenvolvimento de pesquisas para novos produtos e soluções. “A parceria entre a GS1 Brasil e a Danone ilustra o impacto positivo que a organização tem tido no mercado brasileiro ao longo dos últimos 40 anos. Ao promover a eficiência, a rastreabilidade e a segurança em toda a cadeia produtiva, a GS1 Brasil tem sido uma aliada importante para o crescimento e fortalecimento de empresas como a Danone”, analisa.

Relevância da GS1 Brasil no setor de embalagens

Luciana Pellegrino da ABRE

Luciana Pellegrino da ABRE. Crédito: divulgação

A diretora executiva da Associação Brasileira de Embalagem (ABRE), Luciana Pellegrino, destaca o papel crucial da GS1 na padronização do sistema de códigos de barras no Brasil, que foi fundamental para o crescimento do varejo e do mercado de consumo.

Segundo Luciana, a ABRE buscou trabalhar próxima à GS1 para apoiar o desenvolvimento das embalagens e dos processos de impressão, resultando em uma colaboração muito frutífera.

“A parceria entre a ABRE e a GS1 ao longo dos anos tem beneficiado a cadeia de consumo no Brasil, permitindo às entidades cumprir seu propósito de fortalecer as cadeias de abastecimento e as empresas que dela fazem parte. A colaboração com a GS1 tem sido fundamental para agregar eficiência às cadeias de consumo, fortalecer sua operação e crescimento, bem como garantir segurança e acesso aos consumidores”, conclui.

GS1 Brasil no setor de higiene e limpeza

Ao celebrar seu 40º aniversário, a GS1 Brasil tem sido uma aliada fundamental para a indústria de higiene e limpeza, como detalha Paulo Engler, diretor-executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Higiene, Limpeza e Saneantes de Uso Doméstico e de Uso Profissional (ABIPLA).

Ele ressalta a importância do trabalho desenvolvido pela GS1, que permitiu aperfeiçoar processos e padronizar a identificação de produtos, resultando em melhorias nas cadeias de suprimentos e minimizando erros nas conferências de estoques e na automação de processos.

Paulo Engler da ABIPLA

Paulo Engler da ABIPLA. Crédito: divulgação

Para as indústrias de produtos de limpeza, a adoção do padrão internacional de identificação da GS1 é fundamental para otimizar os processos internos e a distribuição para o varejo.

Engler destaca a possibilidade de rastreabilidade dos produtos, que garante a segurança das operações e combate à pirataria, contribuindo para um alto nível de confiança sanitária dos saneantes.

“A parceria entre a GS1 Brasil e a ABIPLA demonstra o impacto positivo que a organização tem no mercado, promovendo eficiência e segurança em toda a cadeia produtiva”, pontua.

Contribuição fundamental para o varejo

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), José César da Costa, enaltece a importância da GS1 no mercado ao longo desses 40 anos de atuação. “A organização tem sido crucial no desenvolvimento de tecnologias e soluções para toda a cadeia de suprimentos, criando uma linguagem única e global entre indústria e varejo”, avalia o executivo.

José César da Costa, presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL)

José César da Costa, da CNDL. Crédito: divulgação

Para ele, o código de barras, desenvolvido pela GS1, tem facilitado as operações diárias dos varejistas, proporcionando segurança nas informações coletadas e sendo fundamental para o bom funcionamento dos processos de venda, controle de estoque e gestão em geral.

“A tecnologia tem sido especialmente importante para o desenvolvimento de micro e pequenos negócios do varejo que utilizam o marketing place para impulsionar seus empreendimentos. Graças aos padrões da GS1, uma simples leitura de código de barras conecta um produto físico a diversas informações ao longo da cadeia de suprimentos, proporcionando novas experiências para o consumidor e garantindo mais qualidade no atendimento e informações mais precisas”, acrescenta Costa.

gs1 abras

João Galassi, da ABRAS. Crédito: divulgação

Para o presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), João Galassi, neste cenário em que os consumidores estão cada vez mais exigentes, se torna fundamental garantir segurança, tecnologia e inovação em suas compras e melhores experiências. Nesse sentido, a GS1 é uma grande parceira da entidade.

“A ABRAS tem acompanhado, junto às 27 associações estaduais que a integram, as mudanças significativas oriundas das soluções que a GS1 vem trazendo ao longo desses anos nos processos de gestão e de logística, melhorando a eficiência operacional dos supermercados e contribuindo para que o setor seja um dos mais eficientes do Brasil. É muito importante para nós, supermercadistas, que cada consumidor, das mais diversas regiões, tenha experiências positivas. Com o advento do código 2D, projeto da GS1 Global, certamente a automação contribuirá com o setor, gerando aumento da capacidade de armazenar dados, agilidade à cadeia de abastecimento, redução de custos nos processos e benefícios aos consumidores”, destaca Galassi.

Atacadistas e Distribuidores reconhecem a força da GS1 Brasil

O presidente da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD), Leonardo Miguel Severini, reitera a importância da GS1 no mercado ao longo desses 40 anos de atuação.

“Desde a criação da GS1 Brasil em 1983, a entidade tem sido fundamental para a automação de toda a cadeia de suprimentos nacional, trazendo o inovador código de barras e, posteriormente, padrões adicionais como o QR code e as etiquetas RFID”, pondera.

Leonardo Miguel Severini da ABAD

Leonardo Miguel Severini, da ABAD. Crédito: divulgação

Para ele, é difícil imaginar as operações do setor atacadista e distribuidor antes das tecnologias desenvolvidas pela GS1 Brasil. “A comunicação ágil e confiável, maior controle de estoques, melhoria na qualidade do atendimento aos clientes varejistas e a automação nas empresas do setor só se tornaram realidade graças aos padrões e códigos desenvolvidos pela organização”, diz Severini, acrescentando que a parceria entre a GS1 Brasil e a ABAD tem sido sólida e frutífera, demonstrando o impacto positivo da organização no mercado, promovendo eficiência e segurança em toda a cadeia produtiva. “A expectativa é que essa colaboração continue a trazer resultados benéficos por muitos anos mais”, projeta.

Aliada fundamental para os provedores de soluções

Os provedores de soluções têm sido fundamentais no fornecimento de soluções e serviços essenciais para ajudar os varejistas e a indústria com automação.

Ricardo Queiroz da Zanthus

Ricardo Queiroz, da Zanthus. Crédito: divulgação

O sócio fundador da Zanthus, Ricardo Queiroz, reconhece que a GS1 vem contribuindo de forma decisiva para a evolução e eficiência do mercado ao longo dos últimos 40 anos.

“A implantação e padronização dos códigos de barras para produtos permitiram controles mais efetivos em toda a cadeia de produção. Graças à GS1, é possível rastrear, controlar estoques, evitar rupturas e acompanhar datas de validade de produtos”, comenta.

A Zanthus,  sempre teve uma parceria sólida com a GS1. Queiroz destaca que as inovações trazidas pela entidade permitiram que a empresa evoluísse sua solução para atender de forma mais eficiente os processos do mercado varejista. “A colaboração entre a GS1 Brasil e a Zanthus ilustra o impacto positivo que a organização tem no mercado brasileiro, promovendo a eficiência e a rastreabilidade em toda a cadeia produtiva”, conclui Queiroz.

Foto: iStock

Leia também

Código de barras comemora 50 anos de revolução e evolução

 

 

 

Tags