Escreva para pesquisar

GS1 Brasil traz insights sobre o Web Summit 2019

Conhecimento, networking, novas experiências e inovação para aprimorar os negócios. Foi com esse objetivo que a GS1 Brasil promoveu a Missão Técnica Internacional para Portugal, de 2 a 9 de novembro de 2019.

A entidade reuniu um grupo de executivos do mercado numa jornada que passou por um dos maiores eventos de inovação do mundo, o Web Summit, além de visitas a empresas e instituições locais. Atualmente, Portugal é considerado um dos principais polos de inovação da Europa, com negócios pulsantes e inovadores.

“A Missão Técnica da GS1 à Portugal buscou oferecer uma experiência única aos participantes e se destacou pela  curadoria cuidadosa de conteúdo do Web Summit, com a seleção das palestras e das companhias de tecnologia presentes na exposição, aliada a visitas a empresas para observar in loco a aplicação das tecnologias. Entendemos que esta combinação proporciona o máximo aproveitamento, com balanceamento do conteúdo teórico e prático”, afirma o gerente de tecnologia da GS1 Brasil, Roberto Matsubayashi.

Descobertas no Web Summit

Um processo de imersão. Assim pode ser descrito a participação em um evento do porte do Web Summit, que nesta quarta edição contou com mais 1.200 palestrantes, que se revezaram em 22 palcos espalhados pelo centro de eventos Altice Arena, em Lisboa, para falar a um público de mais de 70 mil pessoas, de 163 países. Cerca de 2.500 jornalistas acompanharam a conferência.

O evento contou, ainda, com a exposição de soluções, com a participação de 200 empresas e 2.150 startups, que tiveram a oportunidade de se conectar com 1.200 investidores.

“Nossa viagem para o Web Summit, em Lisboa, foi extremamente positiva”, destaca o presidente da GS1 Brasil, João Carlos de Oliveira.

Confira o depoimento do presidente da GS1 Brasil, João Carlos de Oliveira, sobre o Web Summit

“O Web Summit trouxe a oportunidade de conhecer o melhor do que está sendo feito no mundo com a aplicação das tecnologias digitais, verificar as tendências, as opções de ferramentas e como selecioná-la para sua aplicação e, principalmente, o senso de urgência de que é necessário agir e rápido”, destaca Matsubayashi.

Com tantos insights e experiências, alguns temas chamaram mais a atenção do grupo brasileiro, como tecnologia 5G, machine learning, Inteligência Artificial, Realidade Virtual, Internet das Coisas (IoT), user experience (UX), e-commerce e robôs humanoides.

Palestras

Palestrantes de peso estiveram presentes, como o ex-primeiro ministro britânico e presidente executivo do Institute for Global Change, Tony Blair; o  ex-funcionário da NSA, a Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos, Edward Snowden (por videoconferência direto da Rússia); o presidente da Microsoft, Brad Smith; o CEO da Boston Dynamics, Marc Raibert; o presidente executivo da Huawei, Guo Ping; e o vice-presidente executivo da Verizon, Ronan Dunne.

palestra de tony blair no wev summit 2019

Palestra do ex-primeiro ministro britânico Tony Blair – Foto: Divulgação Web Summit

Além desses, executivos de companhias inovadoras, a exemplo da Amazon, Google, Ikea, eBay, Tommy Hilfiger, Wikipedia, Lamborghini, Tinder, P&G, Tencent, Uber, SAP, e muitas outras estiveram presentes.

A equipe da GS1 Brasil sugeriu aos participantes da Missão Técnica um roteiro dividido por trilhas de conteúdo para acompanhar as palestras. Mas cada um pode escolher os temas que mais tinham interesse.

“Foram inúmeras palestras e atividades concentrados em três dias e a primeira constatação é que a participação em grupo traz um valor agregado muito grande. Com o apoio de ferramenta de compartilhamento, amplia a quantidade de insights e proporciona troca de conhecimento e experiências para muito além das palestras escolhidas por cada um”, avalia Matsubayashi.

A força das startups

As startups, inclusive várias brasileiras, foram uma presença marcante no Web Summit 2019, apresentando soluções disruptivas para melhorar os negócios e gerar vantagens competitivas.

“Apesar das dimensões e números que transformam esse encontro entre os maiores do mundo, a conexão de pessoas de diferentes nacionalidades permitiu conhecer de perto startups e ideias de negócios completamente disruptivos”, afirmou o analista do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) Amazonas, Denys Cruz, que integrou a Missão da GS1 Brasil e publicou um artigo sobre o evento.

Segundo ele, foi possível acompanhar pitchs diários que apresentaram protótipos já utilizados por empreendedores, sabatinados por investidores, mentores e por aceleradoras de diversas partes do mundo. “Startups brasileiras também apresentaram suas soluções nos ambientes de networking”, contou Cruz.

Startups tiveram presença de destaque no evento – Foto: Divulgação Web Summit

O assessor da Presidência do Conselho Deliberativo do Sebrae Nacional, André Spínola, que também integrou a comitiva da GS1 Brasil, concorda que um dos momentos mais interessantes do evento foram as apresentações diárias das startups, além do PITCH, competição de startups que não receberam aporte superior a 3 milhões de euros nos últimos três anos.

“São negócios realmente extasiantes, com condições de gerar abalos sísmicos no mercado ou viabilizar incríveis serviços nichados”, afirmou Spínola em um texto publicado no LinkedIn. Entre as startups que chamaram a atenção do executivo estão: Barkyn, Evervault, Fiskl, Stratio e Banjo Robinson.

Visitas técnicas

Já as visitas técnicas organizadas pela GS1 Brasil proporcionaram uma oportunidade de benchmarking para conferir como empresas de diferentes setores resolvem as dificuldades em processos, como aplicam tecnologias e lidam com a inovação.

O grupo brasileiro seguiu um roteiro de visitas para conhecer empresas instaladas nos arredores de Lisboa:

  • Time Out Market – Mercado da Ribeira;
  • Continente, principal marca de varejo do grupo Sonae;
  • Sociedade Central de Cervejas e Bebidas (SCC), conglomerado de empresas que tem no portfólio marcas como Heineken e Sagres;
  • El Corte Inglés, uma das maiores redes varejistas da Europa;
  • Luis Simões, líder na área de transporte e logística em Portugal;
  • Farfetch, empresa digital portuguesa focada no setor de moda de luxo
  • GS1 Portugal;
  • COTEC Portugal – Associação Empresarial para a Inovação, entidade que promove inovação e cooperação tecnológica.
grupo brasileiro visita a gs1 portugal

Grupo brasileiro visitou a sede da GS1 Portugal – Foto: Divulgação GS1

Com tantos conteúdos e novidades, a experiência da Missão Técnica Internacional da GS1 Brasil para Portugal gerou insights importantes, como a exponencialidade da inovação (tudo acontecendo muito rápido), a necessidade de criatividade nos negócios e a necessidade de privilegiar propósito em vez de metas e objetivos na gestão das companhias.

“Neste mundo em rápida transformação, é muito importante questionar se o seu trabalho  está alinhado com o propósito, pois as metas e objetivos mudam e têm de ser constantemente revistos”, finaliza Matsubayashi.

A opinião de quem participou da Missão Técnica da GS1 Brasil para Portugal

“A Missão Técnica da GS1 para Portugal foi excelente. Uma missão que nos levou a uma imersão no mundo digital, da tecnologia atual e também do que está por vir”

Emerson Destro, presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Produtos Industrializados (ABAD)

“Gostei das visitas técnicas, especialmente as realizadas no varejo alimentar. A que mais gostei foi a visita ao Continente. A acolhida e as informações trocadas foram de grande valia para o setor de marca própria”.  

Neide Montesano, presidente da Associação de Marcas Próprias (ABMAPRO)

“Quero agradecer a oportunidade de participar Junto com meus pares da Missão GS1 Portugal e Web Summit. Em cada palestra crescemos mais. Chamo atenção à Inteligência Artificial, que cada vez mais assume o protagonismo na era do crescimento digital, como também os drones para a entrega de encomendas. As visitas técnicas também foram de grande valia, com destaque para Continental, Luis Simões e GS1 Portugal”

José César da Costa, presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL)

Foto de abertura: Divulgação Web Summit

Tags

Send this to a friend