Escreva para pesquisar

Veja as habilidades mais buscadas por empregadores no Brasil

Um estudo realizado pela Cortex mostrou que das 26 habilidades listadas no “World Economic Forum Future of Jobs report 2023″ para estarem em alta nos próximos cinco anos, design e experiência do usuário já são as mais procuradas pelas empresas. A pesquisa analisou mais de quatro milhões de oportunidades divulgadas entre os meses de janeiro e maio de 2023 nos principais portais de vagas do Brasil.

Em segundo lugar no ranking aparecem os conhecimentos de marketing e mídia, seguidas por redes e cibersegurança. Na quarta posição estão resiliência, flexibilidade e agilidade e, em quinto, liderança e influência social.

Habilidades em alta

A velocidade de transformação nos empregos tornou indispensável a requalificação dos profissionais que já estão inseridos no mercado de trabalho e também daqueles que buscam uma oportunidade. Segundo uma pesquisa realizada pela McKinsey, com quase 20 mil pessoas em 15 países no ano passado, a demanda por habilidades tecnológicas, sociais, emocionais e cognitivas crescerá nos próximos anos.

O diretor de people da Cortex, Paulo Leitner, explica que, cada vez mais as empresas vão buscar profissionais que tenham essas habilidades, principalmente as que estão inseridas na nova economia.

“Em um mundo onde as mudanças estão cada vez mais rápidas, isso reflete também nas habilidades que buscamos nos profissionais, principalmente pelo fato de a evolução das tecnologias otimizarem o desenvolvimento de novas profissões e fazerem com que muitas outras deixem de existir. Por isso, os profissionais precisam alinhar os saberes tradicionais a características exclusivamente humanas. A consequência disso já podemos ver nas habilidades que estão sendo mais buscadas pelos empregadores, como é o caso de design, experiência do usuário, resiliência, flexibilidade e agilidade. Os profissionais que conseguirem dominar algumas delas para somá-las ao currículo, irão se destacar no mercado, já que estarão um passo à frente de seus concorrentes”, afirma Leitner.

Fotos: iStock

Leia também

Confira 5 dicas para reter talentos na área de TI

Tags