Escreva para pesquisar

Histórias que inspiram: Activa-ID cria soluções para retomada

“Em vez de pensar na crise, crie”. É com essa frase em mente que a CEO da Activa-ID, Luciana Cabrini, vem lidando com o novo cenário que a pandemia do coronavírus impôs ao mercado. Com essa motivação e sem perder de vista o propósito da empresa, a executiva está conseguindo reinventar os negócios, apostando em novas soluções e canais de vendas.

Com crise, o mercado de modo geral freou os investimentos em tecnologia, afetando toda a cadeia, a exemplo de provedores de soluções como a Activa-ID, especializada em tecnologias de identificação, rastreabilidade e conectividade, como RFID, QR Code, beacons, bluetooth e biometria facial. A Activa-ID possui uma filial em Miami, nos Estados Unidos, e faz parte do grupo Saint Paul Etiquetas.

luciana cabrini ceo da activa id

Luciana Cabrini, CEO da Activa-ID

“Com a pandemia, 90% dos nossos clientes foram afetados”, conta Luciana, completando que a empresa teve contratos suspensos, principalmente de clientes das áreas de varejo, indústria automobilística e eventos. “O nosso momento foi o de todo mundo: não saber o que fazer. Mas começamos a pensar e a entender o que o mercado precisava”, afirma.

“Nossa preocupação era não perder o nosso propósito, que é identificar, rastrear e conectar coisas e pessoas. Analisamos as necessidades, os protocolos de saúde e as dores do momento, que são: higienização com álcool e medição de temperatura”, conta a execuvita.  A partir daí, a Activa-ID conseguiu unificar as dores com as tecnologias que trabalha – RFID, QR Code e biometria facial.

Como resultado, criou soluções com foco na retomada das atividades pós-Covid.  Nasceu, assim, um novo equipamento: um totem que faz a medição de temperatura individual (pela testa ou punho), dispensa álcool em gel para higienização das mãos e valida se a pessoa está usando máscara. O projeto nasceu em maio de 2020 e levou 40 dias para a primeira solução ficar pronta.

A partir do modelo inicial, foi criada uma família de totens, com opções que atendem às diferentes necessidades e setores do mercado, com modelos de baixo custo e outros mais sofisticados. Os equipamentos são blindados, homologados pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e Inmetro e podem ser customizados com mídia, QR Code, controle de acesso, entre outros recursos.

Solução para higienização e segurança

Para o varejo, a Activa-ID desenvolveu um totem que, além de ter o dispenser de álcool e a medição de temperatura, possui tela de 32 polegadas para divulgação de produtos e mensagens da marca para o consumidor final, além de QR Code que pode dar acesso ao wifi da loja, cupom de desconto, redes sociais da marca, landing pages ou links para e-commerce, por exemplo.

Já para o segmento de bares e restaurantes, um equipamento similar pode ter um QR Code que direciona para o cardápio, de modo que o cliente possa verificar as opções no celular – uma vez que a recomendação é evitar os cardápios impressos neste momento de pandemia.

Segundo Luciana, a ideia é que esses equipamentos não sejam apenas uma despesa, mas agreguem valor aos negócios das empresas. “A partir do momento em que o consumidor faz a leitura do QR Code, a empresa pode capturar dados, como nome, e-mail, telefone, respeitando o padrão de privacidade da lei de dados, e convertendo esses dados para promoções ou outras ações”, diz a CEO.

A companhia também criou totens que atendem à retomada da área de eventos, hotéis, universidades e escolas.

Para a indústria, a Activa-ID desenvolveu um totem que faz a identificação de funcionários, medição de temperatura, possui dispenser de álcool em gel, valida se a pessoa está usando máscara, tira foto e a partir daí, libera ou não o acesso à porta ou catraca. “A solução está integrada a uma plataforma que gera relatórios, possibilitando coletar informações como: a presença do funcionário, o dia e a hora que ele entrou, a foto da pessoa, a temperatura e se estava de máscara. Esses dados podem ser integrados com um software de ERP ou gestão de RH”, explica a executiva.

Atenta a esse momento tão difícil para o mercado e a dificuldade financeira das empresas, a Activa-ID criou um modelo de negócios que possibilita a locação do equipamento, para aqueles que não podem investir na compra do produto. De acordo com a CEO, a locação dos totens foi uma espécie de atalho que permitiu viabilizar os negócios nesta crise.

Os totens já estão sendo utilizados por concessionárias, hotéis e restaurantes e a Activa-ID negocia com empresas das áreas de eventos, supermercados e farmácias.

Estreia no e-commerce

A reinvenção dos negócios não ficou restrita aos novos equipamentos. A Activa-ID resolver importar e comercializar uma linha de produtos para o consumidor final criando a loja online https://activashop.com.br/, marcando sua estreia no e-commerce.

São dispositivos para ajudar nos cuidados contra a Covid-19, como estojo para desinfecção de objetos (celular, fone de ouvido, etc) com tecnologia UV (ultravioleta), termômetros de parede e dispenser de álcool para mesa, por exemplo. “Esses produtos já são usados na China e Europa, locais que estão na fase de retomada. Podem ser levados na mochila, usados na mesa de escritório ou escolas”, comenta Luciana.

De acordo com ela, a empresa também vai vender esses itens em plataformas de marketplaces e, por isso, fez a padronização com o código GTIN, da GS1.

Questão de sobrevivência

Para a Activa-ID a pandemia tirou todos da zona de conforto e a inovação foi uma questão de sobrevivência para evitar as demissões. “Da minha parte como liderança, o objetivo foi manter todos os funcionários, que puderam colaborar com muita criatividade nesse momento”, reflete Luciana. “Foi uma nova experiência de se reniventar”.

Assim, com as novas soluções, a expectativa é conseguir passar por esse momento difícil.  “Para mim, a regra é a seguinte: se empatar, sou feliz e vitoriosa. Estamos na luta para empatar o jogo. Vamos conseguir”, aposta Luciana. Recentemente, a empresa já tem sido procurada pelos clientes para retomar os projetos que foram paralisados com a crise da Covid-19.

Assista à entrevista com a CEO da Activa-ID, Luciana Cabrini

Histórias que Inspiram

Atenta ao mercado e trabalhando com rapidez e criatividade, a Activa-ID conseguiu criar novas soluções, modelos de negócios e canais de vendas na pandemia.  Muitas empresas também estão dedicando esforços para dar continuidade aos negócios com soluções inovadoras nesta crise causada pelo novo coronavírus.

Para mostrar projetos positivos como este, a GS1 Brasil lançou a série “Histórias que inspiram”, trazendo exemplos de quem está fazendo a diferença nesta pandemia, servindo de inspiração para outros empresários.

Para participar, basta enviar a sua história para o e-mail: noticias@gs1br.org

Fotos: Getty Images/Divulgação Activa-ID

Leia também

Histórias que Inspiram: moda confortável da NANH supera crise

Histórias que Inspiram: universidades engajadas na produção de EPIs

Tags

Send this to a friend