Escreva para pesquisar

Hospital Sírio-Libanês automatiza controle de medicamentos

O Hospital Sírio-Libanês, um dos mais conceituados do País, tem o compromisso de aprimorar os procedimentos para rastreabilidade de medicamentos, desde o momento em que recebe dos fornecedores até a dispensação, sempre com foco na segurança do paciente. Por essa razão, iniciou um projeto de remodelagem dos processos de controle de medicamentos.

O projeto foi divido em duas fases. A primeira teve foco específico no controle de medicamentos para garantir a gestão e a rastreabilidade. Os dados dos itens são capturados automaticamente por meio da leitura do código GS1 DataMatrix, o que possibilita controlar data de validade e lote, desde o momento da chegada no medicamento ao hospital, seguindo toda cadeia interna até a dispensação ao paciente.

A segunda etapa está prevista para 2020 com a expansão do projeto envolvendo mais fornecedores e outros tipos de produtos.

“Buscamos a tecnologia mais avançada para aprimorar o serviço de assistência ao paciente”, afirma a gerente de logística do Hospital Sírio-Libanês, Tatiana Rocha Santana.

A automação promoveu vários benefícios. “O principal ganho da iniciativa é a segurança do paciente, pois eliminamos o processo manual de input de dados e de reetiquetagem dos produtos”, explica a analista de negócios de tecnologia do hospital, Simone Souza Moura Cano.

O projeto rendeu ao Hospital Sírio Libanês o troféu do Prêmio Automação 2019, na categoria Rastreabilidade no Setor da Saúde – Hospitais.

Assista ao case do Hospital Sírio-Libanês

Sustentabilidade

Todas as empresas vencedoras do Prêmio Automação 2019 estão alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU) a serem atingidos até 2030.

A iniciativa do Hospital Sírio-Libanês contribui para o cumprimento dos ODS:

  • n° 3 – Saúde e Bem-Estar, que visa assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades
  • n°9 – Indústria, Inovação e Infraestrutura, que visa construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável, além de fomentar a inovação;
  • n°17 – Parcerias e Meios de Implementação, com o objetivo de fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

*A foto de abertura retrata a entrega do Prêmio Automação 2019 para as representantes do Hospital Sírio-Libanês, Tatiana Rocha Santana e Simone Souza Moura Cano (ao centro).

Foto: Marco Flavio/Orquestra de Imagens

Tags