Escreva para pesquisar

Índice de nascimento de empresas registra recorde em 2019

O Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian registrou 3,1 milhões de novos empreendimentos em 2019, o maior número desde o início da série história em 2010. Do total, 80,7% são microempreendedores individuais (MEI), que chegaram a 2,5 milhões no período.

A alta no acumulado do ano foi de 23,1% com relação a 2018 e a variação no comparativo entre dezembro de 2018 e 2019 foi de 19,6%.

Os setores de maior destaque em 2019 foram:

  • Serviços de alimentação (8,2%);
  • Serviços de higiene e embelezamento pessoal (6,9%);
  • Reparação e manutenção de prédios e instalações elétricas (6,6%);
  • Comércio de confecções em geral (5,9%);
  • Serviços de propaganda e publicidade (4,4%);
  • Curso preparatório e de especialização (3,3%);
  • Comércio varejista de gêneros alimentícios (3%);
  • Transporte rodoviário de cargas (2%).

“Em 2019, a economia não cresceu como o esperado e o desemprego continuou em patamares elevados. Por isso, a população buscou alternativas para pagar suas contas e se tornou empreendedora. Um indicativo disso são os setores de maior destaque, que demandam um investimento baixo do empreendedor para iniciar o negócio”, analisa o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi.

Região Norte tem maior crescimento do país

A maior alta de novos negócios em 2019 foi a da região Norte (30,7%), com relação ao ano anterior. Foram 144 mil aberturas no ano passado, sendo pouco mais de 8 mil em dezembro.

O Nordeste aparece em segundo lugar no acumulado do ano, com aumento de 23,1%. Entre os Estados, o Amapá se destaca, com alta 39,5%.

Maioria das novas empresas atua no setor de Serviços

Os novos empreendimentos voltados a Serviços foram maioria em 2019, representando 68,0% do total. Foram 2,1 milhões, o que gerou um crescimento de 26,6% no acumulado do ano.

O Comércio aparece bem atrás, com 735 mil (ou 23,6%) negócios abertos em 2019, seguido pela 233 mil na Indústria (7,5%). Os segmentos tiveram variações de 12,7% e 18,2%, respectivamente, com relação ao acumulado anual de 2018.

Em dezembro de 2019, foram 126 mil empresas de Serviços, alta de 22,0% com relação ao mesmo mês do ano anterior.

Os dados da série histórica deste indicador estão disponíveis em: https://www.serasaexperian.com.br/amplie-seus-conhecimentos/indicadores-economicos.

Foto: Getty Images

Tags

Send this to a friend