Escreva para pesquisar

Índice GS1 de Atividade Industrial tem queda em outubro

O Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial de outubro de 2019 registrou queda de 19% comparado ao mês anterior, considerando o dado livre de efeitos sazonais. Elaborado pela GS1 Brasil em parceria com a 4E Consultoria, o indicador mensura a intenção de lançamentos de produtos no País.

No acumulado dos últimos 12 meses, o índice caiu 4,5% e, na comparação com outubro de 2018, a queda foi de 13,8%. Essa tendência também foi verificada no acumulado de janeiro a outubro de 2019, com recuo de 6,6% em relação ao mesmo período de 2018.

O resultado é explicado em razão da desaceleração na intenção de lançamento de produtos que, normalmente, é observada a partir do último trimestre. Estes dados sugerem um aumento da cautela e sinalizam que ainda há um caminho a percorrer para uma recuperação integral da confiança dos empresários quanto ao lançamento de produtos.

tabela indice de atividade industrial gs1 brasil

Destaques setoriais em outubro

No recorte por setor, no mês de outubro de 2019 todas categorias apresentaram índices negativos.

O segmento Têxtil, que já vinha com trajetória de queda, caiu 50%. A categoria Produtos Diversos, composta pela fabricação de brinquedos, jogos, artefatos esportivos e joias, vinha registrando números positivos nos últimos meses, porém caiu 42,5% em outubro.

tabela setorial indice de ativiade industrial gs1 brasil

Metodologia do Índice GS1 Brasil de Atividade Industrial

Elaborado pela GS1 Brasil em parceria com a 4E Consultoria, o indicador mede a intenção de lançamentos de produtos no País. A amostra envolve indústrias associadas à GS1 Brasil que atuam em vários setores, como bebidas, fumo, têxteis, calçados, papel e celulose, produtos farmacêuticos, equipamentos de informática, eletrônicos, etc., atividades descritas nas divisões de 10 a 33 da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

O índice é atualizado no primeiro dia útil de cada mês e pode ser utilizado por consultorias especializadas, bancos, empresas, órgãos governamentais ou qualquer pessoa que queira acompanhar indicadores antecedentes a fim de realizar estudos de acompanhamento ou previsão de mercado.

Para obter as tabelas completas, acesse: www.gs1br.org/dados

Foto: iStock

Tags

Send this to a friend