Escreva para pesquisar

Inovação: os 5 maiores desafios para as empresas

Os benefícios da inovação são unânimes para todos que se inserem nesse ecossistema. Mas, esse não é um caminho simples de ser percorrido. Toda empresa pode enfrentar diversos desafios para inovar ao iniciarem essa jornada – e, o que fará com que consigam superá-los da melhor forma possível, será sua flexibilidade frente às mudanças deste processo e, acima de tudo, uma preparação cuidadosa.

Seja desenvolvendo novos produtos ou serviços, ou aperfeiçoando os que já possuem, a conquista de resultados positivos ao inovar requer muitos cuidados a serem tomados desde o início. Principalmente, no que diz respeito à criação de uma cultura organizacional voltada a inovação, de forma que todos entendam a importância dessa estratégia e colaborem ativamente para o propósito desejado.

Para atingir esses resultados, um estudo conduzido pela Deloitte identificou que a quantidade de empresas que investiram em atividades de PD&I na área de Tecnologia da Informação e Comunicação, como exemplo, passou de 45%, em 2019, para 69% em 2022. Nos próximos anos, 51% das companhias nacionais pretendem elevar ainda mais esses investimentos, como prova dos benefícios trazidos pela inovação.

5 desafios para a inovação

Para assegurar esse futuro, é importante estar atento aos principais desafios que muitas acabam lidando nessa jornada, evitando que seu negócio enfrente as mesmas situações. Nesse sentido, Alexandre Pierro, mestrando em gestão e engenharia da inovação, bacharel em engenharia mecânica, física nuclear e sócio-fundador da PALAS, consultoria pioneira na ISO de inovação na América Latina, confere algumas dicas. Acompanhe a seguir:

1. Falta de uma cultura

Ter uma cultura de inovação significa promover uma combinação entre atitudes, comportamentos, missão, valores e expectativas pautadas em inovar, sendo difundida em todos os profissionais da empresa para que se engajem e colaborem ativamente ao longo do processo. Mas, quando deficiente, surtirá os efeitos contrários, barrando a criatividade interna e afetando a forma na qual todos enxergam e compreendem o papel da inovação para o crescimento da marca.

2. Equipes não capacitadas e engajadas

Os profissionais são os grandes responsáveis por colocar as estratégias em prática e alavancar as empresas no mercado. Por isso, quando não estão engajados e capacitados para essa tarefa, esse cenário também se torna um dos maiores desafios de inovação. A própria ISO de inovação, inclusive, defende que prezar pela motivação dos times é um dos fatores mais importantes a ser adotado nessa jornada.

3. Medo de errar

É claro que nenhuma empresa deseja errar e correr riscos que comprometam seu funcionamento. Mas, nem sempre o erro é algo negativo, e permanecer condenando esses acontecimentos internamente também se caracteriza como um dos mais preocupantes desafios de inovação. Muitos erros podem se transformar em oportunidades de melhoria, aprendizado e crescimento – afinal, grandes ideias no mercado já surgiram de falhas cometidas, trazendo excelentes ideias de destaque para os negócios.

4. Estratégias mal organizadas

A eficácia de todo projeto de inovação depende, dentre tantos fatores, do estabelecimento de metas realistas e das ações que serão necessárias para atingi-las. Caso contrário, todos os esforços empenhados podem se perder e gerar frustração nos times. É preciso identificar onde a empresa deseja chegar com a inovação, definindo os planos que irão conduzi-la nessa jornada de maneira mais transparente possível.

5. Resistência a mudanças

Ficar parado no tempo não é uma opção. As empresas precisam sempre se adaptar aos novos cenários, demandas dos consumidores, tendências e oportunidades – mas, sempre existem aqueles que enfrentam uma maior dificuldade em aceitar esses momentos. Quanto mais resistentes estiverem a se adaptar a essas mudanças, maior será o impacto ao andamento do projeto de inovação e, inevitavelmente, na conquista dos resultados desejados.

Apesar de existirem diversos desafios de inovação que podem impactar fortemente os negócios, superá-los não precisa ser uma dor de cabeça ou algo complexo. Ao iniciar essa jornada, é dever das companhias preparar seus times para esses eventuais cenários, ressaltando o que deve ser feito em cada um deles e, acima de tudo, como prevenir que realmente aconteçam.

Toda a cultura organizacional deve ser pautada na inovação, buscando estratégias que engajem suas equipes – como, por exemplo, o programa de ideias de inovação – sempre contando com o apoio de um sistema de gestão robusto que permita o acompanhamento de todas as ações instauradas em tempo real e, acima de tudo, da orientação de uma consultoria especializada no ramo. Com todos esses cuidados, um futuro brilhante e inovador aguardará as empresas.

Fotos: iStock

Leia também

Pesquisa: 35% das empresas não possuem processos para inovar

Tags