Escreva para pesquisar

Internet das Coisas e 5G: 4 tendências para o setor tech

O avanço do mundo tech impacta cada vez mais a rotina de empresas e a população como um todo, trazendo cada vez mais tendências. Segundo um novo levantamento da consultoria IDC (Instituto de Desenvolvimento Corporativo do Brasil), o mercado brasileiro de tecnologia da informação e comunicação (TIC) crescerá 5% em 2023, chegando ao valor de US$80 bilhões.

A indústria tech está em constante mudança e, neste ano, a tecnologia vem apresentando rápida evolução e fazendo com que as empresas passem a reavaliar suas estratégias de negócios para se manterem à frente e atender às necessidades dos consumidores.

“O investimento em tecnologia é hoje uma obrigação de toda empresa que queira crescer e se destacar no mercado. O caminho também passa por executar de maneira efetiva tendências que se apresentaram e continuam relevantes”, explica Leonardo Oliani, CEO da Astéria.

Tendências de maior destaque no segmento tech

Diante deste cenário, o especialista listou quais são as tendências de maior destaque no segmento tech neste ano, entre elas:

1. Inteligência artificial

tendências

A Inteligência Artificial tem se consolidado como uma tendência transformadora, contribuindo para a melhoria de processos, aprimoramento da experiência do cliente e impulsionando a inovação em diversos segmentos da economia.

O recurso envolve o agrupamento de várias tecnologias como redes neurais artificiais, algoritmos, sistemas de aprendizado, entre outros que conseguem simular capacidades humanas ligadas ao aprendizado, solução de problemas, compreensão da linguagem e tomada de decisões.

À medida que a tecnologia continua evoluindo, espera-se que a IA desempenhe um papel ainda mais relevante e impactante no dia a dia.

2. 5G e a IoT

O ecossistema de IoT(Internet das coisas), aliado ao 5G apoiará as empresas a criarem soluções cada vez mais customizadas para seus clientes. Com o 5G, as empresas terão maior capacidade na transmissão de dados, conexão avançada de dispositivos por quilômetro quadrado e uma latência ou tempo de pergunta e resposta muito menor

Atualmente, o 5G fornece conectividade global, confiável e segura para mais de 6 bilhões de dispositivos móveis de banda larga. Até 2025, o número de assinantes de IoT celular deverá crescer a uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 16,6% para atingir 3,74 bilhões no final do período.

3. Gamificação

tendências

A gamificação usa de mecanismos dos jogos em contextos de não entretenimento, como treinamento corporativo, marketing e processos de aprendizagem. Trata-se de uma estratégia criada com objetivo de gerar motivação e engajamento dos participantes, que resulta em resultados concretos para as empresas.

4. ESG alinhado ao setor tech

Um exemplo bem atual é que por meio da tecnologia é possível proporcionar mais segurança nos estádios de futebol, implementando o cadastro de validação biométrica (reconhecimento de rosto) dos torcedores, que auxilia na identificação de autores de possíveis delitos, demonstrando um compromisso com a parte social do ESG.

Outro exemplo é no uso do monitoramento ambiental. Empresas que operam em setores que impactam diretamente o meio ambiente, como mineração, agricultura ou indústria, podem usar tecnologias avançadas para monitorar e mitigar os efeitos negativos de suas atividades no ecossistema.

“O ESG é uma medida fundamental que precisa abranger todas as regiões e setores no Brasil. Seja na governança ou nos cuidados com o meio ambiente, a tecnologia estará presente com um papel transformador e em muitos casos ela possibilitará o avanço das empresas para modelos mais sustentáveis”, finaliza Leonardo Oliani.

Foto: iStock

Leia também

Dados: 5 tendências para o futuro das empresas brasileiras

Tags