Escreva para pesquisar

90% dos empresários acreditam em maiores receitas este ano

Os empresários brasileiros estão otimistas sobre o aumento do faturamento em 2024.

A pesquisa “Plano de Voo Amcham 2024”, divulgada pela Câmara Americana de Comércio (Amcham Brasil), revelou que 93% dos grandes e médios empresários acreditam no crescimento da receita e quase metade aposta num aumento acima de 15%.

Aplicada entre os dias 3 e 18 de janeiro/2024, a sondagem foi feita com 775 líderes empresariais, entre CEOs, sócios e diretores.

Empresários otimistas

automação empresários

De acordo com a pesquisa, esse cenário positivo projetado pelos empresários é resultado do aumento de vendas no mercado interno (72%), maior capacidade de produção ou prestação de serviços (49%) e ganho de eficiência ou redução de custos (49%), entre outros motivos.

Outro ponto avaliado pelos empresários foi sobre as principais medidas esperadas em relação ao governo para o crescimento da economia, que incluem o equilíbrio fiscal (80%), a regulamentação da Reforma Tributária sobre o consumo (62%), a segurança jurídica e a redução da burocracia (62%).

“Os indicadores do ano, incluindo PIB, taxa de inflação e geração de empregos, vieram melhores do que as expectativas. Mas, é preciso estarmos atentos à meta fiscal, taxa de juros e crescimento econômico. Os cenários no horizonte são inúmeros, há muito trabalho pela frente para regulamentar a Reforma Tributária e promover os demais ganhos, sobretudo, na melhora da competitividade necessária ao país. Neste sentido, a pesquisa do Plano de Voo vem para jogar mais luz aos planos de 2024”, explica o gerente regional da Amcham Minas Gerais, Douglas Arantes.

Sobre o impacto da reforma tributária no consumo, 41% dos empresários respondentes disseram esperar impactos muito positivos ou positivos. Para 35%, dos empresários os efeitos da reforma seriam neutros, no sentido de que ainda não estariam claros o suficiente. Já para 21% a avaliação é negativa ou muito negativa.

A pesquisa “Plano de Voo 2024” também apresentou áreas que devem ser priorizadas pelo governo federal neste segundo ano de mandato, as expectativas sobre o cenário externo, e a influência das eleições presidenciais dos Estados Unidos no Brasil, prevista para 5 de novembro deste ano. Neste último quesito, 71% dos executivos brasileiros avaliam como alto ou médio o impacto e apenas 23% acreditam que o Brasil será pouco ou nada afetado pelo resultado.

Dados da pesquisa com os empresários

pequeno varejo e-commerce empresário

O estudo, feito pela Amcham Brasil em parceria com o Poder 360, foi lançado na última segunda-feira (5/2/2024), durante evento da entidade na sede da B3, a Bolsa de Valores do Brasil, em São Paulo. Os 775 participantes respondentes são executivos de grandes e médias empresas, que, somadas, geram mais de 600 mil empregos e um faturamento superior a R$ 660 bilhões.

Acesse no link a pesquisa completa da Amcham Brasil clicando aqui.

Foto: iStock

Leia também

GS1 é destaque na maior feira de varejo global com código 2D

 

Tags