Escreva para pesquisar

Prêmio Automação: Piticas otimiza estoques com RFID

A Piticas nasceu em 2010 a partir da ideia dos irmãos Felipe e Vinicius Rossetti, que após morarem por 10 anos nos Estados Unidos, retornaram ao Brasil em busca de uma oportunidade empreendedora. Assim, com criatividade, fundaram a marca com foco em camisetas com estampas da cultura pop.

A marca foi crescendo e os irmãos investiram em maquinários de última geração, construindo uma fábrica de 4 mil m² em Guarulhos (SP). Desde então, a Piticas tornou-se uma das maiores fábricas neste segmento.

Com o crescimento da empresa, inclusive por meio do sistema de franquias, surgiu a necessidade de encontrar uma tecnologia acessível e eficiente para controlar o estoque, tanto na fábrica quanto nas lojas, além de diminuir as perdas.

Para essa empreitada, a Piticas escolheu a identificação por radiofrequência (RFID), com o apoio da GS1 Brasil para implementar corretamente os processos e da iTAG, que atuou como fornecedora de integração e das etiquetas RFID. “O faturamento que antes era feito com leitores de códigos de barras, é feito por meio de um único portal RFID. Faturamos cerca 400 mil peças por mês na fábrica só passando pelo portal”, conta Vinicius Rossetti.

Apesar dos desafios, a Piticas também conseguiu implementar essa solução nos quiosques, pontos de venda com cerca de 3 a 4 mil peças no estoque e que levavam de 7 a 8 horas para fazer o inventário. Com o RFID, o balanço passou a ser feito em apenas cinco minutos. “É um ganho espetacular em termos de agilidade, além de ser um projeto barato ao franqueado”, diz Rosseti.

E foi justamente esta a iniciativa que fez a Piticas ser a vencedora do Prêmio Automação 2018, na categoria Têxtil – Automação.

Se quiser saber mais sobre a história da Piticas com automação, assista ao vídeo no canal da GS1 Brasil no YouTube: www.youtube.com/watch?v=6jQD5fPw2jY&t=2s.

Confira outras histórias inspiradoras que venceram o Prêmio Automação no site: www.gs1br.org/premioautomacao.

 

Tags

Send this to a friend