Escreva para pesquisar

QR Code ganha popularidade e adesão das PMEs na pandemia

De eventos via streaming a cardápios virtuais seguros, o QR Code viu sua reinvenção em 2020 e permanece em 2021 e no pós pandemia com forte tendência.

As buscas pelo termo no Google cresceram 170% em 2020, e quase metade dos brasileiros com smartphone já realizaram pagamentos por meio desta tecnologia.

Mas quais foram as razões que fizeram as Micro e Pequenas Empresas (MPEs) a buscarem mais esta tecnologia? Além disso, quais são os benefícios, principais tendências e como o empreendedor pode aplicar esta tecnologia?

Luiz Felipe Navarro do Sebrae-SP

Luiz Felipe Navarro, do Sebrae-SP. Crédito: divulgação.

Em entrevista ao Portal de Notícias da GS1 Brasil, o consultor do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae-SP), Luiz Felipe Navarro, diz que o principal motivo foi que o QR Code ganhou uso diário do consumidor. Isso porque, diante da pandemia, a preferência ficou para as opções de compra ou interações sem contato, como pagamentos sem toque.

“Além disso, QR Code ganhou relevância, pois as MPEs passaram a entender que tal tecnologia poderia fazer parte de suas estratégias de marketing”, ressalta.

Para o consultor do Sebrae-SP, a  elevada concorrência também fez com que muitos empresários buscassem meios de se diferenciar e, com isso, passassem a usar o mecanismo. “Sem contar claro, na possibilidade de ganho na interação com seus clientes, prendendo, assim, cada vez mais a atenção dos consumidores”, ressalta.

Guilherme Bertoni Machado, da ESPM Porto Alegre. Crédito: divulgação

O professor de tecnologia da ESPM Porto Alegre, Guilherme Bertoni Machado, lembra que os QR Codes existem há anos e, em determinados momentos, já houve o debate se são o próximo grande acontecimento ou se estão perto da extinção. “Mas aqui estamos nós de novo, testemunhando o aparente ressurgimento do QR Code. E a busca das MPEs por essa tecnologia durante a pandemia tem muito peso nesse ressurgimento”, analisa.

Para ele, à medida que as MPEs buscam formas de tornar suas operações diárias ou mais seguras e sem contato possível, os QR Codes se revelam uma solução prática e barata para esse cenário.

“Além disso, boa parte dos smartphones já estão habilitados à leitura de QR Code pela câmera sem necessidade de instalação de aplicativos. Esse fato aumentou a adoção. Anos atrás, em geral, os usuários precisavam ter algo instalado”, completa o especialista.

Benefícios do QR Code nas MPEs

Os QR Codes podem trazer uma experiência aprimorada aos consumidores, pois são capazes de abrigar mais informações, entretenimento, entre outros.

“Os consumidores aprenderam como é fácil escanear QR Codes com um aplicativo de câmera em seus celulares. Depois de escaneados, os QR Codes podem direcionar o consumidor a um PDF, acesso ao download do seu APP, acesso às suas redes sociais, a sua localização com mapas geolocalizados, a solicitação de feedbacks, página web ou vídeo, ou solicitar uma conversa por mensagem de texto e muito mais”, exemplifica o professor da ESPM Porto Alegre.

Segundo ele, internamente, processos de inventário e controle de estoques também podem utilizar essa tecnologia. “Outro ponto de destaque é a sustentabilidade, já que pode evitar a necessidade de mais papelada. Além de segurança de informações, sem extravio”, reforça.

pagamento por qr code usando smartphoneJá para o consultor do Sebrae-SP, o  conceito do omnichannel, ou seja, oni presença, é muito destacado nos dias de hoje. Isto é cada vez mais potencializado pela pandemia, demandando que os diversos canais da empresa estejam interligados.

“O QR code proporciona que os clientes tenham um contato ou uma experiência com a marca no mundo digital. As pequenas empresas podem criar promoções específicas, realizar pesquisas de satisfação, mas principalmente, podem levar seu cliente do mundo físico para o mundo digital e assim, aumentar a experiência de relacionamento e de compra com a empresa”, mostra.

Ele exemplifica que posicionar um QR Code para acesso à um catálogo, gerar um outro QR Code para direcionar seu potencial cliente para suas redes digitais no seu cartão de visita ou até mesmo em um panfleto, com um cupom de desconto podem ser também um benefícios para os empreendedores que desejam se destacar.

Casos de sucesso no Brasil

O professor de tecnologia da ESPM Porto Alegre, listou três casos de sucesso de usos do QR Code no Brasil. Confira!

  1. Zaitt: é um grande case nacional, sendo a primeira Smart Store da América Latina. A Amazon Go Brasileira. Inclusive, fechou parceria com o Carrefour. Todo processo de compra é por meio de QR Code.
  2. PIX: também é um fato relativamente novo que reforça a necessidade de as MPEs estarem preparadas para o QR Code, uma vez que uma forma de efetuar o pagamento via PIX é pela leitura do QR Code.
  3. Governo Federal: o pagamento do Simples Nacional pode ser efetuado dessa forma. E o Simples é o tributo aplicado a milhões de micro e pequenas empresas e de microempreendedores individuais.

Tendências do QR Code no pós-pandemia

pagamento via pixPara o professor da ESPM Porto Alegre, os QR Codes devem crescer no pós-pandemia e serem ainda mais utilizados em diversas formas, tais como: marketing, embalagem e rótulos, mídias sociais, experiência de compra, eventos, comunicação e contato, informação de produtos, entre outras.

Segundo o professor, uma utilização polêmica, já empregada na China, é o “passaporte da saúde”. Pessoas portarão, fisicamente ou digitalmente, um QR Code que permitirá maior mobilidade. “Por exemplo, estou vacinado, tenho esse dado em QR Code, consequentemente, poderei entrar em um restaurante”, exemplifica.

Como grande parte dos brasileiros utiliza o WhatsApp, o QR Code personalizado para WhatsApp Business, especialmente a função de catálogo, vai ser cada vez mais utilizado, ainda mais com o advento do pagamento pela plataforma.

“O QR Code também será cada vez mais utilizado em atrações culturais, por exemplo, em museus, apontando para o QR Code para saber mais sobre uma obra, ou ainda em cidades para que os turistas saibam mais sobre pontos turísticos”, explica o professor.

Segundo o consultor do Sebrae-SP, a tendência é um movimento crescente da utilização como forma de pagamento, o que é extremamente interessante para o processo de vendas MPEs.“O pagamento via QR Code facilitará, cada vez mais,  o ambiente de compra e venda entre empresas e cliente.”

8 passos para implementar o QR Code na sua empresa

Confira as dicas do professor de tecnologia da ESPM Porto Alegre, Guilherme Bertoni Machado!

1. Escolha um gerador de QR Code que atenda às suas demandas

Dê preferência a um que permita realizar ajustes no design e ofereça personalização.

Importante é tomar cuidado com geradores de QRCode online que geram gratuitamente, mas com prazo de validade.

As MPEs podem fazer um QR Code “genial”. Mandar imprimir diversas unidades e fazer várias aplicações  – com os mais diferentes formatos e propósitos – e o empreendedor ser surpreendido com um QRCode, que foi gerado online, expirado com apenas 15 dias de uso.

Geralmente, é necessário pagar um valor mensal para manter a validade do QR Code e, desta forma, evitar dores de cabeça.

2. Faça uma boa curadoria do conteúdo

Não adianta ter a melhor tecnologia de QR Code e o conteúdo não ser adequado ao público.

Planeje o conteúdo, tenha uma estratégia e preocupe-se com uma comunicação clara e atrativa.

3. Inclua uma chamada para ação (Call to Action)

Divulgue e chame para ação quem você deseja atrair para escanear o QR Code.

Pense uma chamada atrativa para gerar interesse no uso.

4. Gere o QR Code com a qualidade e tamanho adequado

QR Codes pequenos geram pouca atratividade. Muito grandes também não atingem o seu objetivo.

Tenha atenção também na qualidade da impressão e na sua aplicação.

5 . Tome cuidado com o posicionamento do QR Code

Coloque em um ponto estratégico aos olhos do cliente.

6. Teste antes de imprimir

Evite desperdício com impressão.

7. Faça com que seja gratificante para seus clientes

Para ter sucesso, o processo tem que ser interessante para a jornada do cliente.

8 . Mensure os resultados

Acompanhe e monitore as entradas de dados geradas pelos acessos aos QR Codes.

Manter o controle de suas escaneadas de QR Codes é uma excelente maneira de definir o sucesso ou o fracasso de suas ações baseadas nesta solução.

Para empresas com QR Codes impressos em diferentes materiais, as varreduras de rastreamento de cada QR Code ajudam a identificar e classificar as ferramentas de marketing da mais à menos eficaz, otimizando, assim, os resultados obtidos.

Foto: iStock e divulgação

Leia também

C&A aposta em QR Code nas camisetas e vending machines em SP

Tags

Send this to a friend