Escreva para pesquisar

Qual é o perfil da cultura organizacional da sua empresa?

Identificar a cultura organizacional da empresa possibilita trabalhar com mais facilidade e agilidade no desenvolvimento dos funcionários e atração de novos talentos, além de melhorar os processos de gestão de pessoas. Mas como chegar a essa definição é uma das dúvidas que os gestores enfrentam.

De olho nesse assunto, a Mindsight, startup de inteligência em Recursos Humanos, realizou uma pesquisa com 158 empresas brasileiras de diferentes setores. Por meio da análise dos padrões de cultura organizacional, a startup chegou a 8 perfis culturais existentes: pragmático, colaborativo, estável, criativo, ágil, executor, consolidado e comprometido.

O estudo foi realizado em quatro etapas. Utilizando o método Organizational Culture Profile (OCP), de O’Reilly, Chatman & Caldwell, a primeira etapa foi chamada de “Mapeamento Cultural da Organizações” e consistiu na realização de um questionário com parte de funcionários das empresas da amostra no qual eles tinham que ranquear 33 frases em ordem de prioridade, como por exemplo “ter autonomia”, “ser orientado para resultado” e ” ter estabilidade”.

A partir dos resultados obtidos, foi possível entender quais comportamentos são mais e menos valorizados dentro do ambiente de trabalho das empresas da amostra, descrevendo como essas organizações funcionam no seu cotidiano. Para a segunda etapa, as empresas foram separadas em grupos, ou “clusters”, de acordo com suas similaridades encontradas na primeira fase.

Já na terceira parte da pesquisa, a Mindsight fez um paralelo com a metodologia Competing Values Framework (CVF), desenvolvido por Robert E. Quinn, professor pesquisador da Universidade de Michigan. Nessa metodologia, as empresas são divididas em uma matriz que as separa por mais um conjunto de padrões comportamentais.

Por fim, com as análises realizadas em cima dos grupos criados na segunda e na terceira etapa, a empresa identificou os perfis culturais existentes. Com a metodologia pronta, a Mindsight elaborou um teste gratuito em que é possível descobrir qual o perfil cultural da sua organização.  Acesse o link e faça seu diagnóstico gratuitamente!

Conheça os 8 perfis de cultura organizacional, segundo a Mindsight

Empresas Pragmáticas

Neste perfil cultural existe a orientação à meritocracia, onde as pessoas são bonificadas com base em suas entregas de resultado, que são frequentemente mensurados através de avaliação de desempenho e performance. No cotidiano de trabalho, as pessoas recebem autonomia e liberdade para realizar o trabalho, de forma que podem experimentar novas formas de fazer as tarefas e, eventualmente, inovar ou modificar os processos, com o foco sempre em resultado.

A hierarquia é mais horizontal e os processos no geral são menos definidos, implementados quando realmente se faz necessário. As decisões em empresas com culturas Pragmáticas costumam ser embasadas em teorias já comprovadas, preferindo pela profundidade e ciência à intuição. Possuem foco no cliente e no crescimento da organização, mas buscando fazer isso de forma consistente. São equilibradas e ponderam sobre o impacto das decisões sobre as pessoas e sobre a perenidade do negócio a longo prazo.

Empresas Colaborativas

São organizações que tendem a dar grande foco às suas pessoas, valorizando colaboração à competição e o trabalho em equipe ao trabalho individual. Essas empresas não costumam ter foco em competitividade, tanto externamente quanto internamente. Sendo assim, em um ambiente onde os colaboradores não são pressionados a “vencer” os demais, encontram espaço para aprender através da experimentação. Como é dada liberdade e autonomia, as pessoas costumam usar o erro como uma ferramenta de aprendizado, de forma que a tentativa é tão relevante quanto o resultado.

O ambiente é menos focado no cliente e no mercado, e mais focado no capital humano. Desta forma, os meios são mais valorizados que os fins, de forma que o comprometimento e comportamentos dos colaboradores tendem a ser vistos como ainda mais importantes do que a entrega de resultados ou inovação. Por fim, a responsabilidade tende a ser compartilhada, e o sucesso da empresa é visto como um resultado do esforço de todos.

Empresas Estáveis

Diferentemente das organizações anteriores, nas empresas desse tipo as pessoas são mais cautelosas e atenta aos detalhes, priorizando a qualidade nas entregas. Por isso, elementos como organização e manutenção são mais valorizados e recebem destaque com frequência no ambiente de trabalho. Os erros e mudanças não são aceitos  de forma tão natural, e as pessoas são mais incentivadas a cumprirem os processos e o escopo de trabalho. De forma geral, as coisas funcionam de forma mais calma e estruturada.

Além disso, empresas com uma cultura “Estável” tendem a valorizar mais a tradição e os costumes. Com certa frequência seguir pelo caminho já conhecido é preferível ao arriscar-se em novas rotas. Costumam apresentarem um alto nível de responsabilidade pelas atividades que realizam, prezando por cautela, ponderação e planejamento.  Mudanças e inovações podem acontecer, porém serão feitas em um ritmo mais lento e gradual.

Empresas Criativas

As Empresas Criativas possuem características únicas que as diferenciam do restante do mercado. Nas organizações com este perfil, as pessoas são incentivadas a fazerem coisas de maneiras distintas e únicas, e por esta razão, recebem liberdade para que tenham sua criatividade estimulada. Estes ambientes são, no geral, mais informais. Desta forma, as pessoas podem se relacionar de maneira natural e descontraída, o que propicia a  imaginação e originalidade nas entregas.

A estrutura hierárquica é levemente definida e os processos são implementados somente quando necessários, o que facilita ainda mais que o trabalho flua de maneira veloz e espontânea. O capital humano é o maior foco da organização, e as pessoas são incentivadas a se relacionarem, se desenvolverem profissionalmente, trabalharem de forma proativa, criativa e colaborativa.

Empresas Ágeis

Dentre os oito perfis culturais, as Empresas Ágeis são as mais focadas em atender rapidamente às demandas do mercado. Organizações com este tipo de cultura buscam atingir resultados, mas a sua particularidade é que acreditam que isso só é alcançado por meio do protagonismo dos funcionários. Desta forma, é comum que as pessoas recebam muita autonomia, para que tenham liberdade de usar o próprio senso crítico para atuar rapidamente e resolver os problemas dos clientes de forma eficaz e personalizada.

O foco das Empresas Ágeis é no mercado e nos clientes, pois almejam o crescimento. Assim como as Empresas Pragmáticas, são meritocráticas e as políticas de remuneração, bonificação, promoção e demissão, são baseadas na entrega de resultados e atingimento de metas. O ponto de atenção desta cultura é a organização, que em meio a tanta autonomia e agilidade, pode acabar ficando prejudicada.

Empresas Executoras

Na Empresa Executora, as tarefas são claras e as pessoas se preocupam em entregá-las com qualidade. O foco das organizações com este perfil não é competição de mercado. Também não existe muita liberdade e flexibilidade para ousar e criar novas formas de realizar o trabalho. Isso traz ao ambiente uma certa neutralidade, nem agressivo, nem criativo, mas um perfil um pouco mais “executor”. A  hierarquia é intermediária, não sendo totalmente horizontal e nem muito vertical.

Por isso, existem certas rotinas e delimitações. As pessoas costumam se relacionar de forma um tanto pacífica e, com frequência, se auxiliam na realização das tarefas. Isso confere a estas organizações um clima agradável. Geralmente nestas empresas, os colaboradores cultivam relações de companheirismo e as pessoas são incentivadas a entregarem um bom resultado em conjunto.

Empresas Consolidadas

As Empresas Consolidadas são caracterizadas por relações de liderança mais hierárquicas e definidas, além de ter suas ações orientadas a buscar a competitividade de mercado. Estas organizações são bem estabelecidas, já tendo atingido maturidade ao longo dos anos. Isso propicia que a empresa apresente uma estrutura definida, com processos específicos, normas e elementos de controle. Estas características da cultura fazem com que o ambiente no dia a dia seja mais ordenado, organizado e padronizado. Neste contexto, as relações interpessoais são um pouco mais formais e menos de amizade.

Empresas Comprometidas

Empresas Comprometidas são de certa forma equilibradas, pois tendem a ser competitivas, mas não de forma extrema, e as pessoas recebem autonomia, porém um pouco mais limitada ao seu cargo ou área. Nestes ambientes, as pessoas são incentivadas a entregar resultado, mas somando a isso, comportamentos como empenho e dedicação também são levados em consideração.

Por isso, existem certas rotinas e delimitações. As pessoas costumam se relacionar de forma um tanto pacífica e, com frequência, se auxiliam na realização das tarefas. Isso confere a estas organizações um clima agradável. Geralmente nestas empresas, os colaboradores cultivam relações de companheirismo e as pessoas são incentivadas a entregarem um bom resultado em conjunto.

Foto: Getty Images

Tags