Escreva para pesquisar

Ranking mede maturidade digital de 284 marcas no Brasil

Para fazer um retrato do processo de transformação digital das empresas no Brasil, evidenciando os players mais avançados, melhores práticas e desafios, a Isobar desenvolveu o Índice de Maturidade Digital (IMD) Brasil 2019, que avalia a forma como os consumidores são impactados e experienciam digitalmente as marcas.

O IMD é baseado na análise de três dimensões: Mobile, Search (Busca Orgânica) e Social (Redes Sociais). Foram analisadas 284 empresas com faturamento de mais de R$ 1 bilhão, dos setores de Varejo, Bens de Consumo, Saúde e Educação e Ensino.

O estudo revelou que a grande maioria das marcas analisadas tem maturidade digital básica (48,6%) ou madura (32,42%), e apenas 3,75% das marcas são consideradas experts (veja gráfico).

índice de maturidade digital

As doze primeiras colocadas são: Nike, Magazine Luiza, Havan, O Boticário, Burger King, Petz, Cobasi, C&A, Lojas Renner, Adidas, Leroy Merlin e Chilli Beans (confira a lista completa aqui).

“O segmento de Varejo, dado sua natureza de intensa interação com o consumidor, é o mercado mais adiantado, com vários exemplos de aplicações reais das tecnologias existentes”, comenta o gerente sênior da Cosin Consulting an a Isobar Company, Luiz Bispo.

Outra conclusão do estudo foi que as marcas digitalmente mais maduras apresentaram melhores resultados financeiros, a exemplo do Burger King (valorização de 20% das ações no Brasil de 2017 para 2018) e da Magazine Luiza (ações se valorizaram mais de 12 vezes desde 2017).

Foto: iStock

Leia também

Como começar a transformação digital nos negócios?

Tags

Send this to a friend