Escreva para pesquisar

Sebrae-SP lança Black Start para empreendedores negros

Pessoas empreendedoras negras com negócios em tecnologia podem se inscrever para participar do Black Start, programa do Sebrae-SP, por meio do Sebrae For Startups, desenhado para apoiar o processo de validação do modelo de negócio e aquisição dos primeiros clientes. São 50 vagas e as inscrições gratuitas podem ser feitas até o dia 12 de setembro por meio do link.

O programa tem como objetivo contribuir com o processo de maturação das startups lideradas por pessoas negras e fortalecer o ecossistema de inovação. “As pesquisas mostram que as startups lideradas por pessoas negras enfrentam uma série de barreiras para o desenvolvimento dos seus negócios. O Black Start quer justamente ampliar as oportunidades, trazer visibilidade e valorizar esses negócios”, afirma o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Marco Vinholi. 

As startups selecionadas participarão de workshops de capacitação, mentorias com especialistas de mercado, eventos de conexão e terão acesso às redes do Sebrae For Startups, que possui mais de 30 programas especializados em apoiar todas as fases de uma startup. Cada startup terá uma pessoa gestora para acompanhá-la durante todo o programa.

As ações serão voltadas para negócios em fase de validação do MVP (produto mínimo viável, na tradução da sigla em inglês), ou seja, que estão buscando provar que a solução é adequada para resolver o problema pretendido por meio de testes com clientes reais, fora da rede de contatos.

Quem pode participar do programa do Sebrae-SP

Podem se inscrever pessoas empreendedoras autodeclaradas negras (pretas ou pardas), com negócios que sejam considerados startups ou tenham potencial de se tornar uma, residentes ou com CNPJ no Estado de São Paulo e com disponibilidade para participar de todas as atividades. O programa, que terá duração de quatro meses, será em formato híbrido, com ações online e presenciais.

No processo de seleção, serão avaliados: viabilidade do negócio, composição do time de pessoas fundadoras e sua disponibilidade para participar do programa, grau de inovação e tecnologia utilizada na solução. Outras informações no link.

Foto: iStock

Leia também

PMEs: veja os 7 erros mais comuns cometidos nos negócios

Tags